X

Olá! Você atingiu o número máximo de leituras de nossas matérias especiais.

Para ganhar 90 dias de acesso gratuito para ler nosso conteúdo premium, basta preencher os campos abaixo.

Já possui conta?

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo

Eleitor ainda sem biometria cadastrada poderá votar neste ano. Entenda

Prazo para tirar ou regularizar o título de eleitor terminou na última quarta-feira


Imagem ilustrativa da imagem Eleitor ainda sem biometria cadastrada poderá votar neste ano. Entenda
Eleitor que não fez biometria pode votar |  Foto: Arquivo/AT

O eleitor que possui título eleitoral e está com sua situação regular, mas não cadastrou a biometria, poderá votar normalmente nas eleições de outubro.

Esse tipo de identificação foi registrado para todos que tiraram o primeiro título de eleitor e aqueles que estavam irregulares (com o título cancelado, por exemplo) e ainda não tinham os dados cadastrados. A medida, segundo o TSE (Tribunal Superior Eleitoral), deve dar mais precisão ao reconhecimento do votante e evitar filas.

Só fica impedido de votar o eleitor que não tiver comparecido ao cartório eleitoral após convocação, pela Justiça Eleitoral, para revisão biométrica.

Segundo a corte, títulos emitidos em momento de suspensão da coleta biométrica, como na pandemia de covid-19, precisavam ter realizado o cadastramento dos dados, podendo estar em situação de irregularidade.

Para saber se seu documento está cancelado ou se sua biometria já foi cadastrada, acesse a página do TSE ou do TRE (Tribunal Regional Eleitoral) do seu estado, clique na aba "Serviços" e faça a consulta em "Situação eleitoral".

Também é possível verificar o dado a partir do aplicativo e-Título, disponível gratuitamente nas lojas dos sistemas iOS e Android.

O prazo para tirar ou regularizar o título de eleitor terminou na quarta-feira (8). Quem não realizou os procedimentos para votar nas eleições 2024 não poderá ir às urnas e só poderá normalizar sua situação após o pleito, ou seja, a partir de novembro.

Para evitar a perda de direitos como a emissão de passaporte, o ingresso em vagas de universidades ou em cargos públicos, ou até mesmo pedir empréstimo em bancos públicos, o eleitor deve pedir à Justiça Eleitoral uma certidão circunstanciada.

Quem não votou e não justificou apenas em 2022 pode votar em 2024 mesmo sem ter regularizado sua situação.

MATÉRIAS RELACIONADAS:

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Leia os termos de uso

SUGERIMOS PARA VOCÊ: