X

Olá, faça o seu cadastro para ter acesso a este conteúdo

*Você não será cobrado

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Polícia investiga se há vestígios de sangue da menina Bárbara em objeto encontra

Vídeo de câmeras de segurança mostram um homem empurrando um carrinho de mão na rua. Polícia investiga

Larissa Maestri, com informações do Metrópoles | 04/08/2022 19:23 h

Bárbara Victória foi encontrada morta na terça-feira em campo de futebol em Ribeirão das Neves
Bárbara Victória foi encontrada morta na terça-feira em campo de futebol em Ribeirão das Neves |  Foto: Bábara Victória Acervo de Família
 

A Polícia Civil segue com os trabalhos de investigação sobre o assassinato da menina Bárbara Vitcória, de 10 anos, em Ribeirão das Neves, na região metropolitana de Belo Horizonte. Novas imagens de câmeras de segurança podem ajudar na reconstituição dos fatos. 

Em uma gravação, um homem, é visto empurrando um carrinho de mão com um saco preto. Não se sabe se quem aparece nas imagens é o suspeito, mas a possibilidade é investigada, segundo a polícia. 

Agentes da Polícia Civil vão realizar perícia no carrinho para verificar se há vestígios do sangue da vítima.

Segundo os investigadores, nos primeiros vídeos de câmeras de segurança obtidos pela polícia existia uma 'janela' de 28 minutos. A menina foi vista saindo da padaria e, quase 30 minutos depois, foi vista atravessando a rua. A polícia, agora, investiga se a menina parou em algum lugar nesse período e se estava acompanhada.  

Entenda o caso

Bárbara Victória Vitalino Rodrigues, de 10 anos, desapareceu no último domingo (31), após sair de casa para ir à padaria. Ela foi vista no estabelecimento, mas não chegou em casa.

Câmeras de segurança instaladas no caminho da padaria até a casa da criança registraram a garota saindo do estabelecimento localizada na Rua Joaquim Abel Coelho.

A menina enfrenta a fila do caixa e, depois de ser atendida, guarda o troco em uma bolsa e sai de lá com um saco de pães. Ela chega a se despedir de uma atendente quando o relógio do circuito marca 17h46.

Poucos minutos depois, ela aparece correndo por uma das ruas do bairro, sendo seguida por dois homens, que também apertam o passo.

Às 17h55, outra câmera registra o momento em que Bárbara desce uma rua, correndo.

Quase 30 minutos depois, às 18h23, um novo registro. A menina aparece correndo em frente a outro comércio. Um minuto depois, às 18h24, a mesma câmera registra o momento em que dois homens correm na mesma direção em que Bárbara estava.

LEIA TAMBÉM

Corpo de menina morta após ir à padaria tem marca de estrangulamento

"É a minha menina, meu Deus", lamenta mãe de menina morta após ir a padaria

Criança assassinada em BH: suspeito do caso é encontrado morto

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em nosso grupo do Telegram

MATÉRIAS RELACIONADAS