X

Olá, faça o seu cadastro para ter acesso a este conteúdo

*Você não será cobrado

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

"É a minha menina, meu Deus", lamenta mãe de menina morta após ir a padaria

Seu corpo estava em um matagal atrás de um campo de futebol na região metropolitana da capital mineira, segundo a Polícia Civil

Larissa Maestri, com informações da Folhapress | 02/08/2022 19:15 h

Bárbara Victória Vitalino Rodrigues, de 10 anos, saiu para comprar pão no último domingo (2) e desapareceu, em Ribeirão das Neves, região metropolitana de BH
Bárbara Victória Vitalino Rodrigues, de 10 anos, saiu para comprar pão no último domingo (2) e desapareceu, em Ribeirão das Neves, região metropolitana de BH |  Foto: Bárbara Victoria Acervo de Família
 

Após a polícia divulgar as imagens do local onde encontraram o corpo da menina de 10 anos que desapareceu no domingo (31), após sair de casa para ir até uma padaria, moradores da região e familiares da menina foram até o local do crime para pedir Justiça.

A mãe da vítima também esteve na cena do crime. Em vídeos publicados nas redes sociais, a mulher chora e se desespera ao lado de parentes. "É a minha menina, meu Deus", grita.

O corpo da vítima foi encontrado no limite entre Belo Horizonte e Ribeirão das Neves (MG),  na manhã desta terça-feira (02), em um matagal atrás de um campo de futebol na região metropolitana da capital mineira, segundo a Polícia Civil.

De acordo com as imagens divulgadas pela polícia, o local é cercado por mato e terra e fica a cerca de 500 metros da casa da menina.

Corpo de criança encontrado em Ribeirão das Neves foi levado para o Instituto Médico Legal
Corpo de criança encontrado em Ribeirão das Neves foi levado para o Instituto Médico Legal |  Foto: Investigador Dênis Araújo/Polícia Civil de Minas Gerais
 

Segundo a Polícia Militar, a criança já morta foi encontrada por uma pessoa que fazia buscas na região e acionou a PM às 9h19. Ela usava apenas a camisa que trajava no dia do desaparecimento.   

Segundo a mulher, no momento em que o corpo foi encontrado, acontecia um jogo de futebol infantil no local.

O corpo da criança foi levado por um carro do Instituto Médico Legal pouco antes das 14h.

Segundo o delegado Saulo Castro, da Polícia Civil de Minas Gerais, a identificação oficial do corpo da criança depende de exames periciais feitos por equipes da polícia.

"Os resultados serão divulgados à família da vítima e à imprensa tão logo sejam finalizados", afirmou o delegado.

O CASO

Bárbara Victória Vitalino Rodrigues, de 10 anos, desapareceu no último domingo (31), após sair de casa para ir à padaria. Ela foi vista no estabelecimento, mas não chegou em casa.

Câmeras de segurança instaladas no caminho da padaria até a casa da criança registraram a garota saindo do estabelecimento localizada na Rua Joaquim Abel Coelho.

A menina enfrenta a fila do caixa e, depois de ser atendida, guarda o troco em uma bolsa e sai de lá com um saco de pães. Ela chega a se despedir de uma atendente quando o relógio do circuito marca 17h46.

Poucos minutos depois, ela aparece correndo por uma das ruas do bairro, sendo seguida por dois homens, que também apertam o passo.

Às 17h55, outra câmera registra o momento em que Bárbara desce uma rua, correndo.

Quase 30 minutos depois, às 18h23, um novo registro. A menina aparece correndo em frente a outro comércio. Um minuto depois, às 18h24, a mesma câmera registra o momento em que dois homens correm na mesma direção em que Bárbara estava.

LEIA TAMBÉM

Corpo de menina morta após ir à padaria tem marca de estrangulamento

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em nosso grupo do Telegram

MATÉRIAS RELACIONADAS