search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Polícia prende acusados de matar manicure em Guarapari

Notícias

Publicidade | Anuncie

Polícia

Polícia prende acusados de matar manicure em Guarapari


Manicure Niasia Alves Santos, de 26 anos (Foto: Acervo Pessoal)
Manicure Niasia Alves Santos, de 26 anos (Foto: Acervo Pessoal)
A Delegacia de Homicídios e Proteção à Mulher (DHPM) confirmou nesta quinta-feira (21) a prisão de um homem e uma mulher acusados de matar a manicure de Guarapari Niasia Alves do Santos, 26 anos.

A manicure teria sido morta no mesmo dia em que desapareceu, no dia 22 de dezembro.

Mesmo sem respostas, a família passou a procurar a jovem pelas redes sociais. Somente no dia 11 de janeiro é que o Departamento Médico Legal (DML) de Vitória confirmou para a mãe da jovem, Alair Alves, 43, que um corpo que estava no local seria o de Niasia.

Na manhã do dia 12, o corpo de Niasia também foi reconhecido pela mãe. “Reconhecemos pelos cabelos, pelos pés e principalmente a tatuagem da mão”, disse a mãe em entrevista na época. A jovem foi enterrada na manhã do dia 13, em um cemitério na comunidade de Jabaquara, no interior de Guarapari.

A família organizou uma homenagem para a jovem na ponte do município. Familiares e amigos soltaram bolas brancas no mar e pediam por justiça.

“Fizemos uma homenagem para nos despedirmos dela, mas queremos saber o que aconteceu. Precisamos de uma resposta”, disse a tia, a camareira Eliane Balbino, 54, no dia da homenagem.

Mais detalhes sobre a prisão dos suspeitos serão divulgados em entrevista coletiva na tarde desta quinta-feira pela DHPM.

Entrar no grupo do WhatsApp

Quer receber as últimas notícias do Tribuna Online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp.


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados