X

Olá! Você atingiu o número máximo de leituras de nossas matérias especiais.

Para ganhar 90 dias de acesso gratuito para ler nosso conteúdo premium, basta preencher os campos abaixo.

Já possui conta?

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo

Esportes

Cruzeiro e Vasco ficam no empate e seguem assombrados pelo rebaixamento

Resultado não foi bom para nenhum dos times, que estão empatados na tabela


Em confronto direto na luta contra o rebaixamento, Cruzeiro e Vasco ficaram no empate por 2 a 2, nesta quarta-feira (22), no Mineirão, em jogo atrasado da 33ª rodada do Brasileirão. Arthur Gomes e Bruno Rodrigues marcaram a favor dos mineiros, enquanto Puma Rodríguez e Gabriel Pec fizeram os gols do Cruzmaltino.

O resultado não foi bom para nenhum dos times, visto que ambos subiram para 41 pontos e estão com três de distância para o Bahia -primeiro time dentro da zona de rebaixamento.

Apesar da igualdade, o Cruzeiro está em situação pior, pelo número de vitórias, ocupando o 16º lugar.

Na próxima rodada, o Cruzeiro visita o Goiás na segunda-feira (27). O Vasco encara o Athletico-PR, na Ligga Arena, neste sábado (25). As duas partidas são válidas pela 35ª rodada.

Diante do Vasco, o Cruzeiro jogou em casa, mas sem torcida. Por causa da confusão no jogo contra o Coritiba, a equipe mineira não poderá contar com seus torcedores até o fim do Brasileiro.

O JOGO

O Vasco foi mais eficiente no início do jogo, mas pouco atacou. O Cruzmaltino estava mais recuado que o Cruzeiro, mas botou a bola na rede nas duas vezes que chegou ao gol adversário. Primeiro com Vegetti, que teve o tento anulado por impedimento, depois com Pumita, que abriu o marcador aos 14 minutos da primeira etapa.

Depois de tanto martelar, o Cruzeiro mereceu a virada no primeiro tempo. O time mineiro teve muitas chances perdidas, porém, dominou o jogo ofensivamente. Arthur Gomes finalmente acertou o alvo e deixou tudo igual no Mineirão aos 41, enquanto Bruno Rodrigues virou, de pênalti, nos acréscimos.

O Vasco voltou melhor para a etapa complementar. Precisando do resultado, a equipe de Ramón Díaz pressionou bastante e até chegou ter fazer mais dois gols irregulares, de novo com Vegetti. Aos 32, Gabriel Pec empatou. O Cruzeiro ficou bastante acuado e tentou se segurar lá atrás como pôde.

MATÉRIAS RELACIONADAS:

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Leia os termos de uso

SUGERIMOS PARA VOCÊ: