X

Olá! Você atingiu o número máximo de leituras de nossas matérias especiais.

Para ganhar 90 dias de acesso gratuito para ler nosso conteúdo premium, basta preencher os campos abaixo.

Já possui conta?

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo

Saúde

Espírito Santo realizou mais de 120 mil cirurgias eletivas em 2023

Meta de 110 mil cirurgias foi superada


Imagem ilustrativa da imagem Espírito Santo realizou mais de 120 mil cirurgias eletivas em 2023
|  Foto: Canva

O ano de 2023 representou uma excelente marca para a saúde capixaba. Até o momento, por meio do Sistema Único de Saúde (SUS), já foram realizadas 120.060 cirurgias eletivas em todo o Estado, número maior que o esperado pelo Plano Estadual de Redução de filas, o OperaES.

“São 33 unidades hospitalares, entre rede própria e contratualizada, que trabalham em prol da entrega do melhor serviço para a população capixaba. A execução do Plano OperaES contempla várias especialidades cirúrgicas e continuaremos no empenho para entregar ainda mais serviços em 2024, ampliando o acesso ao usuário das cirurgias eletivas”, destacou o secretário de Estado da Saúde, Miguel Duarte.

Em 2022, 105.825 cirurgias foram realizadas, o que representa um crescimento de 13% para este ano. Entre as especialidades que mais realizaram cirurgias estão a oftalmológica (54.256), geral (18.729), ortopédica (11.260), urológica (4.993) e ginecológica (4.609). As cirurgias eletivas são aquelas que podem ser programadas, que não são consideradas de urgência.

Os procedimentos ocorrem nas regiões norte, central, metropolitana e sul, e segundo o Plano OperaES, cada unidade hospitalar, seja ela da rede própria da Secretaria da Saúde (Sesa) ou contratualizada para atender às demandas do SUS, tem metas de produção a serem cumpridas ao longo do ano.

“A ampliação e a entrega realizada este ano também se vale pela organização das unidades hospitalares, que, além de atender urgências e emergências, geriram de forma notável a sua produção eletiva”, disse o secretário Miguel Duarte.

O esforço para ampliar a realização de cirurgias é uma iniciativa da Sesa, juntamente com o Programa Nacional de Redução das Filas de Cirurgias Eletivas, Exames Complementares e Consultas Especializadas (PNRF), instituído por meio da Portaria GM/MS nº 90, de 03 de fevereiro de 2023.

MATÉRIAS RELACIONADAS:

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Leia os termos de uso

SUGERIMOS PARA VOCÊ: