X

Olá! Você atingiu o número máximo de leituras de nossas matérias especiais.

Para ganhar 90 dias de acesso gratuito para ler nosso conteúdo premium, basta preencher os campos abaixo.

Já possui conta?

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo

Polícia

Ladrões furtam central de distribuição e deixam 15 mil sem internet em Vila Velha

A destruição da fibra ótica também impactou no atendimento de hospitais e de uma empresa, que teve prejuízo de R$ 1 milhão


Imagem ilustrativa da imagem Ladrões furtam central de distribuição e deixam 15 mil sem internet em Vila Velha
Delegacia Regional de Vila Velha, para onde o caso foi enviado |  Foto: Fábio Nunes/AT

O furto de uma caixa de distribuição de internet e telefonia afetou esses serviços para mais de 15 mil clientes de bairros de Vila Velha, na madrugada deste sábado (02). Além de residências, uma fábrica de chocolates teve prejuízo de cerca de R$ 1 milhão e serviços de saúde, como hospitais, também tiveram o atendimento  impactados. 

De acordo com a Guarda Municipal, três homens, de 27, 28 e 42 anos, foram presos em flagrante pelo crime. Os agentes realizavam um patrulhamento preventivo pelo bairro da Glória, quando viram os suspeitos furtando a caixa de distribuição de internet e telefonia de uma operadora, na rua Salgado Filho. 

Leia mais notícias de Polícia aqui

Os agentes desceram da viatura e realizaram a abordagem aos suspeitos. Com eles, foram encontrados alicates, placas de telefonia e fios de cobre. 

A Guarda Municipal constatou que a fiação subterrânea já havia sido arrancada e depositada em um carrinho de reciclagem, que era utilizado pelos suspeitos para transportar o material do furto. 

Representantes da empresa de telefonia foram acionados e solicitaram a confecção do boletim de ocorrência. De acordo com a Guarda Municipal, a empresa calcula que mais de 15 mil clientes foram afetados com o furto das placas e com a vandalização da rede.

"Além de clientes residenciais e comerciais, equipamentos públicos de Saúde e outros serviços essenciais como o Hospital Himaba, PA da Glória, Hospital Antônio Bezerra de Farias foram impactados", disse a Guarda em nota.

O furto também gerou impactos para empresas de grande porte com o sistema de comunicação afetado. Uma fábrica de chocolates teria tido prejuízo de R$ 1 milhão, segundo representantes da empresa relataram para a Guarda Municipal.

Os três detidos foram encaminhados à Delegacia Regional de Vila Velha. Em nota, a Polícia Civil informou que os suspeitos foram autuados em flagrante por furto qualificado e encaminhados ao Centro de Triagem de Viana (CTV).

MATÉRIAS RELACIONADAS:

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Leia os termos de uso

SUGERIMOS PARA VOCÊ: