search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Perfis fakes são criados com fotos sensuais da ex-capa da Playboy presa por tráfico

Notícias

Publicidade | Anuncie

Polícia

Perfis fakes são criados com fotos sensuais da ex-capa da Playboy presa por tráfico


Flavia Bernardes Tamayo, ex-capa da Playboy, é presa por tráfico (Foto: Reprodução/Instagram)
Flavia Bernardes Tamayo, ex-capa da Playboy, é presa por tráfico (Foto: Reprodução/Instagram)

A modelo e ex-capa da Playboy, Flavia Bernardes Tamayo, também conhecida como Pamela Pantera, virou alvo de perfis falsos em redes sociais. Os "fakes", como são conhecidos, começaram a surgir depois que Flavia foi presa, no último dia 21 de julho em Vitória.

Nos perfis, estelionatários se passam pela modelo para aplicar golpes em internautas. Em publicações, prometem pacotes com fotos e vídeos da modelo em troca de dinheiro. Além de estampar a capa da revista com um ensaio sensual, também participou de filmes pornográficos e era garota de programa de luxo.

De acordo com o portal Metrópolis, os perfis acumulam seguidores, um deles tem cerca de 4,5 mil pessoas. Os "fakes" contam com diversas fotos e vídeos sensuais da modelo. Alguns internautas chegam a divulgar números de telefone nos comentários dos posts.

De acordo com a Secretaria de Justiça do Estado (Sejus), Flavia permanece detida no Centro Prisional Feminino de Cariacica, enquanto aguarda transferência para o Distrito Federal, onde o mandado de prisão contra ela foi expedido.

A defesa da modelo entrou com um pedido de liberdade junto a Justiça do Distrito Federal na última sexta-feira (07). A expectativa é de que o pedido seja julgado ainda nesta semana.

Entenda o caso

A modelo e ex-capa de Playboy Flavia Bernardes Tamayo, conhecida como Pamela Pantera, foi presa pela Polícia Civil na madrugada desta terça-feira (21) em um hotel da Praia de Camburi, em Vitória.

Flavia Bernardes Tamayo foi presa em hotel de Vitória (Foto: Reprodução/Instagram)
Flavia Bernardes Tamayo foi presa em hotel de Vitória (Foto: Reprodução/Instagram)
Flavia teria vindo ao Estado para fazer programas e captar novos clientes. Ela aproveitou a vinda para fazer uma sessão de fotos sensuais com cobras em um motel na Serra.

Ela é suspeita de fazer parte de uma organização criminosa formada por garotas de programa de luxo e que atuava no Distrito Federal. O grupo que a modelo faria parte é acusado de negociar programas sexuais regados a entorpecentes, principalmente drogas sinéticas e cocaína.

A modelo chegou a resistir à prisão e levantou o vestido que usava, gritando que os policiais deveriam “prender bandidos e não ela”. Câmeras de vídeomonitoramento do hotel registraram o momento da prisão.

Com a modelo foi encontrado R$ 325, uma cédula de 100 dólares, além de uma cédula de 1 dólar com vestígios de cocaína. Também foi apreendida uma quantidade de drogas, não informada.


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados