X

Olá! Você atingiu o número máximo de leituras de nossas matérias especiais.

Para ganhar 90 dias de acesso gratuito para ler nosso conteúdo premium, basta preencher os campos abaixo.

Já possui conta?

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo

Internacional

Casal de turistas e guia são mortos em safári na Uganda por terroristas

David e Celia Barlow estavam em lua de mel


Imagem ilustrativa da imagem Casal de turistas e guia são mortos em safári na Uganda por terroristas
As mortes teriam acontecido no Parque Nacional Rainha Elizabeth, em Uganda |  Foto: Reprodução

Dois estrangeiros em lua de mel e um guia ugandense foram mortos, nesta terça-feira (17), no Parque Nacional Rainha Elizabeth, em Uganda. A Polícia local indica que o ataque foi realizado por grupo terrorista ligado ao Estado Islâmico.

Um britânico e uma sul-africana, junto ao guia turístico ugandense, foram assassinados a tiros ontem durante passeio em safári.

O casal foi apontado como David e Celia Barlow e o guia como Eric Alyai, segundo informações do jornal britânico The Times.

O veículo 4x4 do trio foi incendiado, o que levou as autoridades a entenderem que a ação foi uma emboscada, realizada entre 18h e 19h do horário local.

Fred Enanga, porta-voz da Polícia, disse que os responsáveis podem ser membros do grupo terrorista islâmico Forças Democráticas Aliadas (ADF).

O Ministério da Defesa do país declarou que esse foi um caso isolado e que a Uganda é um lugar seguro para o turismo. "Todos os esforços estão sendo feitos para que essa segurança não seja perturbada".

A ADF ocasionalmente realiza ataques transfronteiriços. O grupo foi acusado de matar pelo menos 40 pessoas em junho, conforme o jornal The Guardian.

MATÉRIAS RELACIONADAS:

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Leia os termos de uso

SUGERIMOS PARA VOCÊ: