X

Olá! Você atingiu o número máximo de leituras de nossas matérias especiais.

Para ganhar 90 dias de acesso gratuito para ler nosso conteúdo premium, basta preencher os campos abaixo.

Já possui conta?

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo

Esportes

Sabalenka admite 'coração partido' com morte trágica de ex-namorado e pede respeito

WTA adiou a estreia da tenista na competição para sexta-feira


Aryna Sabalenka quebrou o silêncio nesta quarta-feira sobre a morte de Konstantin Koltsov, ex-jogador de hóquei no gelo e com o qual chegou a ficar noiva, que ocorreu na noite de segunda-feira, em Miami. A tenista disse que está "com o coração partido", surpreendeu ao dizer que o relacionamento estava acabado e pediu respeito à privacidade neste momento.

Sabalenka não queria falar sobre o assunto para se manter focada no WTA 1000 de Miami, no qual teve sua estreia adiada em um dia para superar o momento de dor. Mas usou os Stories de seu Instagram para lamentar a morte de Konstantin, de apenas 42 anos.

"A morte de Konstantin é uma tragédia impensável e, embora não estivéssemos mais juntos, meu coração está partido. Por favor, respeitem minha privacidade e a privacidade de sua família durante este momento difícil", escreveu a tenista, em inglês e belarusso.

Muitas pessoas criticaram a atitude de Sabalenka ao ser flagrada treinando em Miami um dia após a morte de Konstantin. Ao esclarecer que não estava mais junto do ex-jogador de hóquei, as ofensas diminuíram, e muitas pessoas começaram a mandar mensagens de apoio.

A WTA resolveu ajudar a tenista neste momento ruim e adiou sua estreia em Miami para sexta-feira. Antes marcada para esta quinta, ela ganhou mais um dia para superar a dor do luto antes de encarar a espanhola Paula Badosa.

MATÉRIAS RELACIONADAS:

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Leia os termos de uso

SUGERIMOS PARA VOCÊ: