X

Olá! Você atingiu o número máximo de leituras de nossas matérias especiais.

Para ganhar 90 dias de acesso gratuito para ler nosso conteúdo premium, basta preencher os campos abaixo.

Já possui conta?

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo

Esporte Capixaba

Capixabas participam do Campeonato Brasileiro de tiro esportivo paralímpico

A competição tem início nesta sexta-feira e será a última antes do Mundial


Imagem ilustrativa da imagem Capixabas participam do Campeonato Brasileiro de tiro esportivo paralímpico
Os atletas vestem a camisa do clube Álvares Cabral em solo capixaba |  Foto: Divulgação/Sesport

Cinco atletas capixabas vão representar o Espírito Santo no Campeonato Brasileiro Paralímpico de tiro esportivo, que tem início nesta sexta-feira (1º) e segue até domingo (03). 

Os atletas, que defendem a camisa do Clube Álvares Cabral, são: Bruno Kiefer, Denilson Pereira, Eloisa Fernandes, Fabrício Sousa e Wellington Fermiano Alomba.

O campeonato vai contar com as provas de pistola, carabina e tiro ao prato (trap). Ao todo, 61 paratletas vão participar da disputa.

Eloisa Fernandes revelou estar muito confiante com a própria atuação e também do restante da equipe.

"A expectativa é ocupar o primeiro lugar sempre e estar entre as primeiras três posições, subindo no pódio com resultado superior às competições anteriores. O preparo físico e psicológico foi feito de uma forma muito séria. Então, as expectativas são muito boas e, se Deus quiser, a equipe vai alcançar resultados excelentes", afirmou Eloisa.

Este será o último torneio antes do Mundial, que será realizado entre os dias 19 e 29 de setembro, em Lima, Peru. O atirador Bruno Kiefer foi um dos convocados para a seleção brasileira, que vai representar o País na competição.

O atleta já participou de diversos torneios e foi medalhista de bronze na carabina de ar 10m e 50m misto dos Jogos Parapan-Americanos, em 2019.

MATÉRIAS RELACIONADAS:

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Leia os termos de uso

SUGERIMOS PARA VOCÊ: