X

Olá! Você atingiu o número máximo de leituras de nossas matérias especiais.

Para ganhar 90 dias de acesso gratuito para ler nosso conteúdo premium, basta preencher os campos abaixo.

Já possui conta?

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo

Esportes

Cruzeiro vence Tombense com gol contra e vai à final do Mineiro

Disputa final será contra Atlético ou América, que jogam neste domingo



Imagem ilustrativa da imagem Cruzeiro vence Tombense com gol contra e vai à final do Mineiro
William comemora com Arthur Gomes, que abriu o placar do jogo |  Foto: Reprodução / Redes Sociais

O primeiro finalista do Campeonato Mineiro já foi definido: é o Cruzeiro, que havia empatado o jogo de ida por 0 a 0 com a Tombense, mas neste sábado sobrepujou o adversário da cidade de Tombos por 3 a 1, classificando-se para a final.

O jogo começou com o Cruzeiro partindo para dentro da equipe visitante. Aos 5 minutos, após escanteio, a bola chegou até Rafael Elias na área. Ele finalizou, a bola pegou na defesa e foi para fora. Novo tiro de canto para o time celeste, que pressionava bastante para abrir vantagem.

Após novo levantamento, Rafael Elias subiu e finalizou firme de cabeça. A bola passou muito perto da meta de Felipe Garcia, à esquerda. Aos 24, Matheus Pereira recebeu pelo lado esquerdo da área e bateu colocado, mas a bola subiu demais.

Depois de muito pressão, mas em jogo muito truncado, finalmente o gol do Cruzeiro. Aos 34, Matheus Pereira ganhou jogada pelo lado direito. Ele puxou a bola para a perna esquerda e colocou na cabeça do atacante Arthur, que finalizou por entre as pernas de Felipe Garcia e colocou o time celeste em vantagem.

Depois de uma jogada de Arthur Gomes, a bola chegou até Rafael Elias, que bateu cruzado. William apareceu na pequena área para finalizar, Felipe Garcia fez a defesa, a bola pegou na trave, e o Tombense se salvou.

Aos 52, depois de rebote da defesa do Tombense, o Cruzeiro retomou. A bola chegou até Lucas Romero, que fez boa jogada, passou por Zé Vítor e finalizou. Felipe Garcia defendeu.

O Tombense voltou para o segundo tempo sinalizando que iria se retrancar: trocou o atacante Gustavo Modesto pelo volante Pierre e o volante Mikael pelo meia Rickson. A estratégia não deu certo e o Cruzeiro foi para cima. Aos poucos, porém, o Tombense foi tomando pé da situação e amainou o ânimo rival.

Mas ainda era o Cruzeiro o mais perigoso. Mateus Vital recebeu dentro da área e bateu cruzado aos 15. Felipe Garcia espalmou. Dinenno deu um peixinho, mas não conseguiu colocar na rede.

Aos 20, Larcamón trocou o meia Mateus Vital pelo atacante Barreal. No Tombense, Raul Cabral tirou o atacante Felipinho pelo meio campo Denner. Aos 26, ocorreu um gol contra bizarro: Zé Vítor, da Tombense, que definiu: 2 a 0 para o Cruzeiro.

Tudo parecia definido, mas, aos 33, após cruzamento para a área, Zé Vítor, o zagueiro do gol contra da Tombense, subiu sozinho e acertou cabeçada forte para se redimir e diminuir.

Já no final do jogo, Matheus Pereira roubou a bola de Zé Vítor no campo de ataque, invadiu a área, se livrou do goleiro Felipe Garcia e definiu a semifinal.

O rival do Cruzeiro sai neste domingo, no clássico entre Atlético-MG e América-MG. O time de Hulk tem vantagem de 2 a 0 do jogo de ida e busca o pentacampeonato.

FICHA TÉCNICA

CRUZEIRO 3 x 1 TOMBENSE

CRUZEIRO - Rafael Cabral, William, Neris, João Marcelo, Villalba; Lucas Romero, Lucas Silva, Mateus Vital, Matheus Pereira, Arthur Gomes e Rafael Elias. Técnico: Niccolás Larcamón.

TOMBENSE - Felipe Garcia, Pedro Costa, Ednei, Zé Vítor, Emerson Barbosa; Mikael, Kaio Mendes, Rafinha, Gustavo Modesto, Igor Bahia e Felipinho. Técnico: Raul Cabral.

GOLS - Arthur, aos 34 minutos do primeiro tempo; Zé Vítor (contra), aos 26, e aos 33, e Matheus Pereira, aos 46 do segundfo.

CARTÕES AMARELOS - Pedro Costa, Rafinha e Pierre (Tombense).

ÁRBITRO - Felipe Fernandes de Lima.

RENDA - R$ 1.689.992,50.

PÚBLICO - 40.158 presentes.

LOCAL - Estádio do Mineirão, em Belo Horizonte (MG).

MATÉRIAS RELACIONADAS:

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Leia os termos de uso

SUGERIMOS PARA VOCÊ: