X

Olá! Você atingiu o número máximo de leituras de nossas matérias especiais.

Para ganhar 90 dias de acesso gratuito para ler nosso conteúdo premium, basta preencher os campos abaixo.

Já possui conta?

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo

Economia

Sindicato defende novas políticas para proteger idosos contra golpes

Sugestão é existência de um caixa eletrônico exclusivo para idosos


Imagem ilustrativa da imagem Sindicato defende novas políticas para proteger idosos contra golpes
Jânio: evitar usar caixas 24 horas |  Foto: Douglas Schneider

“Se os idosos são os mais vulneráveis, que existam políticas exclusivas para protegê-los”. Esse é o pedido do coordenador geral do Sindicato Nacional dos Aposentados no Estado, Jânio Araújo.

A fala veio após um aposentado de 82 anos sofrer um prejuízo de R$ 29.900 em um terminal de autoatendimento, ao cair no golpe do "chupa-cabra".

Para que a sugestão vire realidade em breve, o coordenador do sindicato se encontrou com o deputado estadual, Tyago Hoffmann (PSB) para sugerir que a autoridade dê força ao plano de que os idosos tenham caixas automáticos exclusivos.

 “Os bancos deveriam ter caixa automático que os idosos pudessem usar, assim seriam reduzidos os riscos de golpe”. Ainda, Araújo diz que orienta os aposentados do sindicato que evitem usar caixas 24 horas. 

“Quando algo acontece dentro da agência, o banco apresenta as imagens, fica responsável e tem que indenizar as vítimas. Não é seguro ir para caixas fora do banco, é uma exposição que torna qualquer pessoa uma possível vítima”, aconselha.

LEIA MAIS:

Pesquisa mostra que 78,5% das famílias brasileiras estão endividadas

Ganho real da poupança ultrapassa 5% pela primeira vez desde 2017

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Leia os termos de uso

SUGERIMOS PARA VOCÊ: