X

Olá! Você atingiu o número máximo de leituras de nossas matérias especiais.

Para ganhar 90 dias de acesso gratuito para ler nosso conteúdo premium, basta preencher os campos abaixo.

Já possui conta?

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo

Economia

EDP vai vender cotas de energia no ES para reduzir contas de luz

Até o fim de março, pessoas físicas ou pequenas e médias empresas podem aderir ao novo programa, com desconto de 18%



Imagem ilustrativa da imagem EDP vai vender cotas de energia no ES para reduzir contas de luz
CEO da EDP Brasil, João Marques da Cruz afirma que o desconto é de 18% na soma de duas faturas de energia |  Foto: EDP e Governo do Estado/ Divulgação

A EDP, concessionária responsável pela distribuição de energia elétrica em grande parte do Espírito Santo, anunciou nesta quarta-feira (21), durante evento com o governo estadual, a ampliação do programa de assinatura de energia solar para pessoas físicas. O EDP Solar Digital já atendia a pequenas e médias empresas no Estado.

Pessoas físicas e pequenas e médias empresas de todo o Estado que tenham fatura mensal de energia elétrica a partir de R$ 250 vão poder aderir ao programa de assinatura sem precisar instalar placas solares ou ter alteração na rede elétrica. O desconto de 18% na conta total é válido para quem aderir até o dia 31 de março, no site da EDP (www.edp.com.br/).

A energia vai vir das usinas solares já instaladas pela EDP no Espírito Santo. Quatro delas foram inauguradas ontem, em evento realizado no Palácio Anchieta, no Centro de Vitória, com investimento de R$ 100 milhões.

Com capacidade instalada de 25 MWp, as novas usinas ficam localizadas em Pedro Canário, São Mateus, Sooretama e Boa Esperança – todas no Norte do Estado – e se juntam a outras seis da companhia.

No total, a EDP tem 13 usinas solares no Espírito Santo, sendo três em construção e com previsão para serem energizadas ainda no primeiro semestre deste ano.

Com investimento de R$ 100 milhões, essas usinas devem atender a consumidores residenciais e pequenas e médias empresas do Estado – como farmácias, padarias, lavanderias, lojas, oficinas, bare, salões de beleza e barbearias, clínicas, pet shops, entre outros – por meio do Solar Digital.

Segundo o CEO da EDP Brasil, João Marques da Cruz, os interessados precisam se cadastrar na internet e depois vão ser contactados pela EDP para a entrega de documentações.

“Passados em média 60 dias, sem necessidade de qualquer fio em casa, a pessoa passa a ter um duplo contrato: um com a distribuidora e outro com a EDP Solar. Como são dois contratos, o cliente vai receber duas faturas. Isso porque, mesmo que use 100% do solar, há componentes fixos que têm de pagar na fatura da distribuição. Mas o desconto é de 18% na soma das faturas”, explicou.

Investimentos de mais de 910 milhões

No evento, a EDP e o governo do Estado anunciaram investimentos de mais de R$ 910 milhões no Espírito Santo em 2024. Mais de R$ 810 milhões serão direcionados a projetos de infraestrutura de distribuição de energia.

Parte dos investimentos incluem cinco subestações de distribuição de energia que foram inauguradas durante a cerimônia.

As subestações Santa Helena, Gironda, Rio Novo do Sul, Ibatiba e Vinhático contaram com investimento de R$ 79 milhões.

Serão beneficiados mais de 61 mil clientes nos municípios de Nova Venécia, Vila Pavão, Cachoeiro de Itapemirim, Rio Novo do Sul, Vargem Alta, Itapemirim, Ibatiba, Muniz Freire, Montanha e Pedro Canário.

As subestações foram construídas para ampliar a capacidade e trazer mais confiabilidade ao fornecimento de energia. Além disso, também faz parte do investimento o patrocínio R$ 2,6 milhões à restauração do Complexo do Carmo – que compreende o Convento e a Igreja Nossa Senhora do Carmo, em Vitória.

O restauro contemplará a troca das instalações elétricas e a implantação de sistema de proteção contra descargas atmosféricas, além de serviços para combate a incêndio e segurança. Na parte de restauro, o destaque são as pinturas decorativas e artísticas na superfície na Igreja, que vão recuperar sua originalidade.

Presente no evento, o governador Renato Casagrande exaltou os investimentos em energia, para o processo de redução de emissões de carbono na atmosfera.

“Esses investimentos tornam a EDP cada vez mais eficiente para o nosso Estado. As empresas podem produzir mais com maior segurança. É bom receber os investimentos em energia renovável, porque na hora que você passa a inaugurar estações de energia solar, isso é uma contribuição dentro do nosso plano de descarbonização”.


SAIBA MAIS

Programa

• Com o programa Solar Digital, a EDP oferece energia limpa sem custo de instalação. Pessoa física ou a empresa aluga uma usina solar da EDP ou se torna cotista de parte de uma usina, passando a receber descontos na tarifa no mês seguinte à adesão.

• A adesão é feita de forma digital e não há necessidade de investimento ou instalação de placas solares no teto ou terreno da empresa.

• O valor residual da sua conta será a diferença entre o que a sua empresa consome e o que a usina produz de energia mais taxas e contribuições obrigatórias.

• Adicionalmente à conta de energia da distribuidora, vem um boleto referente ao Solar Digital EDP.

• Como são dois contratos, o cliente vai receber duas faturas. Isso porque, mesmo que use 100% do solar, há componentes fixos que têm de pagar na fatura da distribuição. Mas o desconto é de 18% na soma das faturas.

Como fazer assinatura

• Quem tem direito: pessoas físicas e pequenas ou médias empresas de todo o Estado que tenham fatura mensal de energia a partir de R$ 250.

• Do que precisa: fazer um cadastro por meio do site https://empresas.edp.com.br/lp-usinas/

• Prazo: até 31 de março

Fonte: Concessionária EDP

MATÉRIAS RELACIONADAS:

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Leia os termos de uso

SUGERIMOS PARA VOCÊ: