X

Olá, faça o seu cadastro para ter acesso a este conteúdo

*Você não será cobrado

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Comerciantes fazem carreata contra o lockdown na Serra

| 23/03/2021 09:30 h | Atualizado em 23/03/2021, 12:20

Comerciantes realizaram uma carreata contra o lockdown na manhã desta terça-feira (23), em Laranjeiras, na Serra. Os manifestantes não concordam com o decreto do governo do Estado que determina o fechamento de estabelecimentos não considerados essenciais durante a quarentena de 14 dias, que teve início na última quinta-feira (18).

A concentração aconteceu atrás do Terminal de Laranjeiras, onde um carro de som tocou o hino nacional.

A carreata teve início por volta das  9horas e percorreu as principais avenidas da região, como a Norte Sul e a BR-101, ocupando duas faixas das vias.

Carreata contra o lockdown em Laranjeiras, na Serra
Carreata contra o lockdown em Laranjeiras, na Serra |  Foto: Reprodução vídeo/Internauta

Os manifestantes alegam que os estabelecimentos comerciais não são propagadores do novo coronavírus.

"Carreata contra o fechamento do comércio. O comércio não é propagador do vírus, nós trabalhamos com todos os cuidados, todas a precauções. O que estão fazendo conosco é uma injustiça. Nós precisamos e queremos trabalhar. É para a sobrevivência do brasileiro. Queremos trabalhar!", disse um comerciante.

Por meio de nota, a Prefeitura da Serra informou que "a Guarda Municipal e o Departamento de Operações de Trânsito acompanharam todo o protesto".

Outro protesto

Outra manifestação contra o fechamento do comércio aconteceu na ES-257, em Aracruz. O protesto teve início no começo da manhã. Pneus foram incendiados e a pista foi interditada nos dois sentidos.

Manifestações desde o primeiro dia da quarentena

Na semana passada, foram registrados protestos contra as medidas restritivas em diversas cidades na Grande Vitória e no interior do Estado.

No primeiro dia de comércio fechado, comerciantes do Polo da Glória, em Vila Velha, se reuniram em manifestação contra o fechamento das lojas durante esse período. Descumprindo as normas do governo, os lojistas abriram as portas dos comércios.

Lojas também abriram na avenida Expedito Garcia, em Campo Grande, Cariacica, onde comerciantes discutiram com bombeiros, que realizavam a fiscalização no local. Também houve abertura de comércios, na avenida Central, no bairro Laranjeiras, na Serra.

No Sul do Espírito Santo, comerciantes de Piúma, Cachoeiro de Itapemirim e Guaçuí também realizaram protestos e até buzinaço pedindo a abertura dos estabelecimentos.

Em Afonso Cláudio, na região Serrana, onde o prefeito da cidade decretou toque de recolher a partir das 20 horas, comerciantes se reuniram em apoio ao chefe do Executivo que liberou o funcionamento das lojas durante o dia.

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

MATÉRIAS RELACIONADAS