X

Olá! Você atingiu o número máximo de leituras de nossas matérias especiais.

Para ganhar 90 dias de acesso gratuito para ler nosso conteúdo premium, basta preencher os campos abaixo.

Já possui conta?

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo

Viradão Cultural na Serra para fortalecer o turismo

O evento, que será realizado pela primeira vez, tem o objetivo de movimentar a cidade e atrair visitantes na baixa temporada


Imagem ilustrativa da imagem Viradão Cultural na Serra para fortalecer o turismo
Shows promovidos pela Prefeitura da Serra têm objetivo de manter a cidade atrativa para os turistas durante o ano |  Foto: Divulgação/PMS

O calendário de eventos da Serra será reforçado em breve. A administração municipal está planejando novas atrações para movimentar a cidade e aquecer o turismo na região. Uma delas é o Viradão Cultural, como contou o prefeito Sergio Vidigal.

LEIA TAMBÉM

Encantos em montanha, praias e lagoas da Serra

Seis circuitos para curtir o agroturismo na Serra

Parques capixabas vão receber investimentos privados nos próximos anos

A data do evento ainda não foi definida, mas o objetivo é que ele contribua para atrair visitantes na baixa temporada. 

“Temos feito várias programações com a intenção de manter a cidade atrativa para os turistas ao longo do ano. Já promovemos o Viradão Gospel e queremos implementar o Viradão Cultural. Reforçamos, também, os investimentos na área do esporte, que contribuem para incluir a Serra no circuito das competições nacionais e, assim, atrair mais pessoas para o município e fortalecer o setor hoteleiro, que estava adormecido.”

Segundo Vidigal, a prefeitura está trabalhando para que, nos próximos anos, o turismo se torne  um componente importante do PIB da Serra. 

“Hoje eu digo que, sob o ponto de vista da economia e da geração de emprego, o turismo na Serra começou a engatinhar, mas a expectativa é que ele possa ser tão representativo para o desenvolvimento da cidade como são os setores do comércio, dos serviços e da indústria”, comentou.

O prefeito destacou que, para fortalecer o segmento, é preciso investir em áreas como segurança. 

“Quando eu me coloquei candidato para este mandato, tive o cuidado de incluir no plano de governo ações que pudessem impactar o turismo. Nós não temos turismo sem esportes e sem investimentos em cultura e em segurança, por exemplo. Estamos investindo muito em segurança pública, porque não é possível atrair turistas sem ter, antes de tudo, uma cidade segura para a população”, disse.

Recentemente, a Serra anunciou concurso para reforçar a Guarda Municipal. O município também investiu no Bolsa Atleta, reforçou a Lei Chico Prego e fortaleceu o circuito histórico-religioso.

“Investimos na restauração da Igreja dos Reis Magos, da Igreja Matriz Nossa Senhora da Conceição e do Parque São João de Carapina. Além disso, estamos fortalecendo nossas manifestações folclóricas, principalmente as bandas de congo. Em infraestrutura, podemos destacar a revitalização do calçadão de Jacaraípe. Tudo isso fortalece o turismo e contribui para trazer receita para a cidade.”

OPINIÕES

"Queremos que, nos próximos anos, o turismo seja tão representativo para a economia da Serra quanto o comércio, os serviços e a indústria".  Sergio Vidigal, prefeito da Serra.

Imagem ilustrativa da imagem Viradão Cultural na Serra para fortalecer o turismo
O prefeito Sergio Vidigal |  Foto: Divulgação/PMS

"O turismo na Serra vive uma fase muito positiva. Isso gera desenvolvimento, qualidade de vida, e reforça a  identidade cultural dos cidadãos". Philipe Lemos, secretário de Turismo, Esporte e Cultura do município.

Imagem ilustrativa da imagem Viradão Cultural na Serra para fortalecer o turismo
Philipe Lemos, secretário |  Foto: Divulgação/PMS

Município vai ter mais de 250 quilômetros de ciclovias

Ótima notícia para os ciclistas, tanto os que usam bicicleta para se deslocar para as atividades do dia a dia quanto os que escolhem o pedal como atividade de esporte e lazer. Até o ano que vem, o município da Serra terá 256 quilômetros de anel cicloviário. 

Atualmente, a cidade possui cerca de 72 quilômetros de ciclovias e ciclofaixas, mas já estão em construção outros trechos, como na avenida Norte-Sul, em frente ao Terminal de Laranjeiras; na avenida Talma Rodrigues Ribeiro, no trecho entre a rotatória do Hospital Dório Silva e a rotatória da Viminas, no Civit II, e no acesso da BR-101 ao Bairro de Fátima.

Imagem ilustrativa da imagem Viradão Cultural na Serra para fortalecer o turismo
Ciclovia no bairro Eldorado facilita o tráfego de ciclista com mais segurança |  Foto: Divulgação/PMS

Além dessas, uma superciclovia, com mais de oito quilômetros, vai interligar os bairros Serra Dourada II e Portal de Jacaraípe. Ela será integrada a outra que já existe na avenida Talma Rodrigues Ribeiro, formando uma grande via para os ciclistas. A previsão, de acordo com a prefeitura, é que a obra esteja concluída no final deste ano.

Outras ciclovias e ciclofaixas já estão sendo projetadas e serão construídas, até o ano que vem, em bairros como Porto Canoa, Serra Dourada II, Laranjeiras, Civit I, Balneário de Carapebus, Nova Almeida e Cidade Pomar.

Esporte e lazer em parque

Quem mora na Serra e os que visitam o município têm à disposição um espaço para praticar esportes e se divertir em contato com a natureza. O Parque da Cidade, localizado entre os bairros Parque Residencial Laranjeiras e Valparaíso, fica aberto de segunda a domingo, das 6 às 21 horas.

No local, há quadras poliesportivas e de tênis, campo de futebol society, pista de skate, playground para as crianças, ciclovia, pista de caminhada, bromeliário e Centro de Educação Ambiental. Há, também, estacionamento para os frequentadores.

A entrada de animais não é permitida no Parque da Cidade, mas anexa a ele fica uma Praça Pet, onde é possível se divertir com os bichinhos de estimação. 

Imagem ilustrativa da imagem Viradão Cultural na Serra para fortalecer o turismo
|  Foto: Divulgação/PMS

No Centro de Educação Ambiental fica um viveiro de plantas ornamentais da Mata Atlântica, carnívoras/insetívoras, bioativas e sensitivas destinadas à arborização do lugar  e, também, de escolas e praças. O espaço é aberto à comunidade.

A administração municipal também promove no parque diversas programações especiais ao longo do ano, principalmente em datas comemorativas, como a Páscoa e o Natal, quando costuma ser montada no local a maior árvore natalina da cidade.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Leia os termos de uso

SUGERIMOS PARA VOCÊ: