search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

A nova ordem...
Gilmar Ferreira
Gilmar Ferreira

Gilmar Ferreira


A nova ordem...

Os bons resultados colhidos pela comissão técnica do português Jorge Jesus em quatro meses de trabalho no Flamengo têm provocado importantes reflexões nos bastidores do futebol.

E, pelo que percebi em conversas com técnicos, preparadores físicos e ex-jogadores na manhã da última quinta-feira, são pelo menos quatro as contribuições que deverão ser discutidas internamente no planejamento dos clubes para a próxima temporada.

São elas: o fim da comissão técnica permanente, tida como foco de desarmonia para a implementação de trabalhos mais rígidos; a valorização da estrutura de pós-jogo, que permite a recuperação física dos jogadores na primeira noite após as partidas; o cuidadoso redimensionamento da importância da fisiologia na elaboração da carga de treinos; e a revisão dos critérios para a montagem dos times, com mais foco na necessidade da estrutura tática do que na oportunidade de mercado.

Encantamento

Todos os profissionais com os quais conversei demonstraram encantamento com o que vem sendo feito no Flamengo. E não apenas por Jorge Jesus, mas, principalmente, pela diretoria do clube.
Porque a aposta em treinadores estrangeiros, com ideias vanguardistas, por si só, não chega a ser novidade. Mas ninguém fez como o Flamengo, dissolvendo toda a estrutura permanente e abrindo espaço para os sete profissionais que compõem o grupo de trabalho do português. Este foi um ponto destacado por quase todos.

Apoio

O apoio incondicional da diretoria deu a Jorge Jesus a certeza de que o ambiente seria propício à implementação de uma nova filosofia de trabalho — fundamental na construção de um conceito de jogo ousado, com volume e intensidade. E para Dorival Júnior, que dirigiu o time rubro-negro nas 12 últimas partidas do Brasileiro de 2018, essas condições criadas pelo clube facilitaram tomadas de decisão do treinador. Como, por exemplo, o fretamento dos voos para o retorno após os jogos fora do Rio de Janeiro.

Planejamento

Tudo no Flamengo foi muito bem planejado, desde a escolha dos jogadores e carga de treinos, por isso Jorge Jesus consegue não poupar seus titulares, mesmo tendo de cumprir maratonas de até nove jogos por mês.

A qualidade individual permitiu um estilo de jogo compactado e fez com que houvesse menos desgaste. O Flamengo sobra em campo e o sucesso vai modificar o protocolo nos clubes brasileiros.

Conteúdo exclusivo para assinantes!

Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

Matérias exclusivas, infográficos, colunas especiais e muito mais, produzido especialmente pra quem é assinante.

Apenas R$ 9,90/mês
Assinar agora
esqueceu a senha?

últimas dessa coluna


Exclusivo
Gilmar Ferreira

O que vem por aí

No final de outubro, mais precisamente na coluna do dia 27 (domingo), contei neste espaço que o sucesso do Flamengo do português Jorge Jesus estava sendo dissecado nos bastidores rivais. E que …


Exclusivo
Gilmar Ferreira

Craque coadjuvante

Apesar da fase de bonança, a diretoria do Flamengo tem se esforçado para não deixar que o sucesso alcançado em 2019 impacte no orçamento de 2020. Lembram que comentei por aqui situação de dois …


Exclusivo
Gilmar Ferreira

Minhas impressões

Que a queda do Cruzeiro já empobrece o Brasileiro de 2020 não tenho dúvidas. Mas o clube mineiro fez tanto descalabro em sua gestão que o rebaixamento não é imerecido. Isso, porém, não tem a ver com …


Exclusivo
Gilmar Ferreira

A segunda pele

A diretoria do Vasco já decidiu que o time em 2020 terá um outro fornecedor de material esportivo. E a nova marca é uma velha conhecida dos cruz-maltinos: a italiana Kappa, grife que vestiu os …


Exclusivo
Gilmar Ferreira

Outro patamar

A ampliação em massa do número de sócios-torcedores do Vasco, crescendo em quase quatro vezes os cadastros de inscritos, já provoca a necessidade de mudanças para atender à nova demanda. E uma delas …


Exclusivo
Gilmar Ferreira

Minhas impressões

O “strike” que o Flamengo de Jorge Jesus faz em seus principais rivais, derrubando seus técnicos com atuações insofismáveis, e acumulando pontos incansavelmente, já é prova de que o trabalho do …


Exclusivo
Gilmar Ferreira

Um novo despertar

A torcida do Vasco parece ter percebido, de forma definitiva, que é ela o motor de propulsão da caravela que simboliza o clube. A adesão em massa ao projeto sócio-torcedor deflagrada com a …


Exclusivo
Gilmar Ferreira

Paixão S.A.

A discussão em torno do sucesso esportivo do Flamengo tem acirrado os ânimos em grupos de WhatsApp, desfeito amizades entre torcedores rivais nas redes sociais e destemperado batalhas ideológicas …


Exclusivo
Gilmar Ferreira

Minhas impressões

Que capítulo lindo o Flamengo adicionou à sua história, com a conquista de dois títulos em 24 horas. O bicampeão da Copa Libertadores foi oficialmente consagrado campeão brasileiro de 2019 com quatro …


Exclusivo
Gilmar Ferreira

Rumo ao topo do mundo

O Flamengo é bicampeão da América. Mas quem só leu os capítulos finais da história ou apenas se viu arrebatado após a emocionante e dramática vitória de 2 a 1, de virada, no sábado (24), sobre o …


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados