search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Verdades e mitos em medicina
Doutor João Responde

Verdades e mitos em medicina

Não existe veracidade única, intangível e absoluta na arte médica. Na verdade, medicina é a arte das verdades temporárias. Muitas das exatidões e condutas adotadas no passado revelaram-se, com o tempo, em inverdades.

Convicção é tudo que se manifesta aos olhos do corpo e da mente.

Certeza é a manifestação de tudo o que é ou existe tal como é. Se, ao ingerir certo alimento, percebermos que é amargo ou doce, seu gosto deixa de ser suposição e torna-se uma realidade.
Caso virmos que a cor de uma flor é vermelha, não caberão dúvidas quanto à sua coloração.

Em se tratando de saúde, cada ser humano advoga seus conhecimentos, temperados com crendices e superstições, não existindo, portanto, uma verdade única.

Não há percepções e sensações uniformes. Estas diferem de pessoa para pessoa e de situação para situação.

Munido de dados científicos, para o médico, a verdade é buscar sintonia com fatos, realidade, exatidão e autenticidade.

Crendices incendeiam a imaginação. Algumas delas possuem raízes científicas. Como evitar superstições é outra superstição.

Vamos exemplificar alguns fatos e boatos:

Misturar manga com leite não faz mal. A crendice de que esta mistura faz mal surgiu nos tempos coloniais, quando os senhores de engenho, para evitar que os escravos roubassem mangas durante a noite, já que sua última refeição do dia era leite, disseminavam esse tabu.

Chocolate não produz espinhas. Embora o açúcar existente nesta guloseima possa estimular a atividade das glândulas sebáceas, a acne é produzida por outros fatores.

Água com açúcar realmente acalma. A sacarose, além de gerar energia, estimula a produção de serotonina, neurotransmissor responsável pela sensação de bem-estar.

Por ser um nutriente que alimenta as células neurais, a glicose também gera prazer.

Prender a respiração faz cessar o soluço. Este procedimento esconde um fundo de verdade.

O singulto (soluço) é resultado de uma contração involuntária do diafragma, músculo localizado entre o tórax e o abdômen, que atua no controle da respiração.

Esse, por sua vez, é controlado pelo nervo frênico, cuja irritação envia um impulso nervoso que desequilibra o movimento do diafragma, gerando espasmos.

O som característico acontece pela vibração das cordas vocais, provocada pelo fechamento da glote.

Respirar fundo exige um esforço consciente do nervo frênico, aumentando a capacidade pulmonar e rebaixando o diafragma. Trancar a respiração atua de maneira parecida, já que o aumento no volume de ar nos pulmões auxilia o músculo a voltar a funcionar normalmente.

Aquecer e esfregar uma aliança na pálpebra cura terçol.

O terçol é uma infecção causada por bactérias que obstruem a saída das glândulas palpebrais.
O calor local facilita a drenagem das secreções acumuladas, aliviando a dor.

Como o metal aquecido pode queimar a pálpebra, recomenda-se aplicar compressas de água quente no local e utilizar colírios, com supervisão médica, para evitar a reincidência dos terçóis.

Não faz mal lavar os cabelos durante a menstruação.
Pelo contrário, é uma época onde as mulheres devem ter condições de higiene até melhores. Hoje, a grande maioria das mulheres são provas vivas de que essa crendice do tempo de suas avós não possui absolutamente nenhum fundamento científico.

Refrigerante não causa estrias. Em algumas pessoas, ele pode contribuir com o aumento de peso e provocar o aparecimento das estrias, mas não existe nenhuma ligação direta entre os dois.

O que é real para uns, pode não ser para outros. Duvidar é pensar.

O fato é que, no mundo científico, a verdade é frágil e poderosa.

Frágil, porque é efêmera, portanto precária. Poderosa, porque tem grande influência, enquanto vigente.

Conteúdo exclusivo para assinantes!

Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

Matérias exclusivas, infográficos, colunas especiais e muito mais, produzido especialmente pra quem é assinante.

Apenas R$ 9,90/mês
Assinar agora
esqueceu a senha?

últimas dessa coluna


Exclusivo
Doutor João Responde

Baço, um órgão pouco lembrado

A designação desse órgão abdominal originou-se pelo fato dele ser embaçado, não se deixando ser atravessado pela luz. O baço sempre constituiu um desafio à curiosidade dos investigadores que …


Exclusivo
Doutor João Responde

Nossa memória imunológica

Quase ninguém se recorda da última vez em que ficou doente por conta de uma infecção microbiana, mas o sistema imune lembra bem desse momento da vida, assim como de vários outros anteriores. …


Exclusivo
Doutor João Responde

Esses malditos vírus

Nada garante a saúde permanente do ser humano. Por mais que a vida seja protegida, nada assegura a manutenção da tranquilidade do amanhã. Por esse motivo, a ciência toma conclusões como verdades …


Exclusivo
Doutor João Responde

Maconha não é droga inofensiva

Quando aquele jovem apareceu no consultório, eu já sabia boa parte da história que ele iria me contar. Preocupada, sua mãe havia ligado antes, me passando algumas informações a seu respeito. …


Exclusivo
Doutor João Responde

Minha vesícula encheu de pedras

Semanas após ter sido encaminhada para extrair a vesícula biliar, a paciente retornou ao meu consultório. Satisfeita, ela afirmou: “Minha cirurgia foi um sucesso, doutor”. Nada lembrava a …


Exclusivo
Doutor João Responde

Estou magro, mas sou gordo

Doze meses após se consultar comigo, o paciente reapareceu. Lembro-me quando ele chegou pela primeira vez. Lá estava, diante de mim, um adiposo jovem, carregando lipídios, complexos e desânimo. …


Exclusivo
Doutor João Responde

Idoso não deve morar sozinho

Amparado pelas filhas, um senhor de idade avançada entrou na minha sala e, com certa dificuldade, sentou-se na cadeira. Eu perguntei: O que posso fazer pelo senhor? Como ele se manteve silencios…


Exclusivo
Doutor João Responde

Ainda bem que envelhecer não dói

Agora que meu espírito amadureceu, meu corpo começou a envelhecer, lastimou um grisalho senhor. É verdade. A vida é curta, os sonhos são fugazes, as crises são duradouras, as decisões são difíceis, …


Exclusivo
Doutor João Responde

Como não enjoar navegando no mar

Minha pergunta é bastante objetiva, expôs um paciente ao entrar no meu consultório: Existe algo que eu possa fazer para evitar o vexame de correr em direção à amurada da embarcação e “deitar cargas …


Exclusivo
Doutor João Responde

Doença como forma de protesto

Quando aquele casal entrou no consultório, eu não imaginava que os sintomas, descritos por ambos, revelavam uma linguagem cifrada para um se queixar do outro. Mal iniciei a consulta do marido, a …


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados