X

Olá, faça o seu cadastro para ter acesso a este conteúdo

*Você não será cobrado

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Poder das frutas contra a depressão

Pesquisa no Reino Unido concluiu que componentes como antioxidantes e vitaminas influenciam no bem-estar mental

Isabella de Paula, do jornal A Tribuna | 19/07/2022 14:16 h

Uma nova pesquisa realizada pela Universidade de Aston, no Reino Unido, revelou que o consumo regular de frutas pode reduzir as chances de desenvolver depressão.

O estudo concluiu que alguns componentes presentes nas frutas como vitaminas e antioxidantes influenciam no bem-estar mental.  Especialistas nas áreas de nutrição e psiquiatria explicaram a relação desses alimentos com a mente.

O nutrólogo Roger Bongestab destaca que um dos fatores que influenciam nesse fenômeno é a presença de substâncias vitamínicas nas frutas. 

“Ao consumir frutas, encontramos a oferta de diversas substâncias vitamínicas, como o complexo B e a vitamina C, que são direcionadas para o sistema nervoso central e reduzem as chances de desenvolver muitos problemas de saúde, como a depressão”, diz.

Segundo Bongestab, o consumo diário ideal de frutas é de três porções, o equivalente a 400 g. Porém, o médico alerta que, apesar de saudável, o excesso desses alimentos também pode ser prejudicial à saúde devido à quantidade de calorias e aumento da glicose no sangue. 

O psiquiatra Jairo Navarro diz que as frutas são uma boa estratégia para o combate de doenças crônicas. “Na depressão e outros transtornos mentais, vemos  a diferença que esses alimentos fazem”.

Navarro pontua que a presença de componentes antioxidantes e anti-inflamatórios nas diferentes frutas pode melhorar os quadros de transtornos mentais, em geral. 

“As frutas têm antioxidantes importantes que contribuem com a saúde neuronal. Por si só, eles geram redução do processo inflamatório e melhoram os quadros de transtornos mentais como a depressão. ”, comenta.

A personal trainer Brunnela Rangel, 38, é uma das pessoas que consome frutas todos os dias.  “Eu consumo muitas frutas! Por dia, são três porções: pela manhã, meio da manhã e à tarde”, compartilha.

Maçã, uva, laranja e abacaxi são algumas opções sempre presentes na dieta da personal trainer Brunnela Rangel
Maçã, uva, laranja e abacaxi são algumas opções sempre presentes na dieta da personal trainer Brunnela Rangel |  Foto: fotos: Kadidja Fernandes/at
 

Além de seguir uma dieta nutricional adequada, a personal também incentiva a seus alunos a consumirem esses produtos de forma diversificada.

“Recomendo o consumo de frutas aos meus alunos porque, além do teor nutritivo, saciedade e benefícios ao intestino, você se sente bem depois de comer”, diz.  


SAIBA MAIS

- Frutas aliviam ansiedade

- Relação do consumo de frutas e saúde mental

- As frutas são alimentos que possuem uma série de substâncias vitamínicas e antioxidantes que influenciam na boa saúde física e mental. 

Frutas mais recomendadas

1) banana 

uma das frutas mais consumidas no Brasil, a banana é rica em potássio, fibra e vitaminas A,  complexo B e C, além de antioxidantes.

2) Abacate

rico em fibras e vitaminas do complexo B e E, esse alimento contribui para  o bom funcionamento de diferentes partes do corpo, em especial o cérebro, na produção de neurotransmissores.

3) Limão e laranja

Muito populares pela presença de vitamina C, o limão e a laranja são frutas que possuem diversos componentes benéficos à saúde mental, como os antioxidantes e as fibras solúveis. 

No caso da laranja, o ideal é consumir a própria fruta  in natura, e não o suco devido à perda de fibras no processo de preparação. 

4) Ameixa

A presença de fibras e vitaminas torna essa fruta benéfica no combate a doenças crônicas, além de aliviar  a ansiedade. 

Fonte: Especialistas consultados.

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em nosso grupo do Telegram

MATÉRIAS RELACIONADAS