X

Olá! Você atingiu o número máximo de leituras de nossas matérias especiais.

Para ganhar 90 dias de acesso gratuito para ler nosso conteúdo premium, basta preencher os campos abaixo.

Já possui conta?

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo

Política

Renzo Vasconcelos: “Kassab apoia Gandini e Marcelo Santos no PSD”

De acordo com Renzo Vasconcelos, líder do partido no Estado, presidente da legenda deu carta branca para a chegada dos deputados


Imagem ilustrativa da imagem Renzo Vasconcelos: “Kassab apoia Gandini e Marcelo Santos no PSD”
Fabrício Gandini pode trocar o Cidadania pelo PSD para concorrer como candidato a prefeito de Vitória |  Foto: Lucas S. Costa

O presidente nacional do PSD, Gilberto Kassab, já demonstrou apoio para a chegada de dois políticos capixabas à sigla: o presidente da Assembleia Legislativa, Marcelo Santos (Podemos), e o deputado estadual Fabrício Gandini (Cidadania). A informação foi confirmada pelo presidente estadual do PSD, Renzo Vasconcelos.

De acordo com Renzo, a conversa com Kassab já teria acontecido. Atualmente, o político paulista é secretário de Governo e Relações Institucionais de São Paulo.

“Já conversei com o presidente Kassab e ele deu carta branca para construir o partido a partir das diretrizes que acharmos melhor. Já falei com ele especificamente sobre Gandini e Marcelo e ele não se opôs em nenhum momento”, comentou o ex-deputado.

Fabrício Gandini já ganhou parecer favorável da Procuradoria Regional Eleitoral caso realmente queira sair do Cidadania no intuito de concorrer à Prefeitura de Vitória em 2024. Com esse parecer, Gandini não perderia o mandato na Assembleia.

O deputado, que já esteve à frente do Cidadania no Estado, havia manifestado intenção de deixar o partido. “Já disse publicamente que se Gandini vier para o PSD, poderá ser nosso candidato em Vitória. É uma pessoa que tem grande carisma e conheço a capacidade de trabalho que ele tem”, disse Vasconcelos.

Nos bastidores, um dos principais motivos da troca de siglas é que Gandini não teria muito espaço para se lançar candidato na capital, já que o Cidadania faz parte de uma federação com o PSDB.

MATÉRIAS RELACIONADAS:

Portanto, Gandini precisaria concorrer contra nomes como Luiz Paulo Vellozo Lucas (PSDB), Sérgio Majeski (PSDB), Mazinho dos Anjos (PSDB) e até mesmo Luciano Rezende (Cidadania).

O parlamentar, porém, só irá se manifestar depois da decisão do Tribunal Regional Eleitoral (TRE).

Especula-se que Marcelo, por sua vez, teria a vontade de deixar o Podemos para ter mais protagonismo em outra sigla, visando às eleições para deputado federal em 2026.

“Ele foi uma das primeiras pessoas que conversei, torço muito para que venha ao partido. Vai ser um ótimo aliado”, disse Vasconcelos sobre Marcelo.

Marcelo Santos foi procurado, mas não se manifestou até o fechamento da edição.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Leia os termos de uso

SUGERIMOS PARA VOCÊ: