X

Olá! Você atingiu o número máximo de leituras de nossas matérias especiais.

Para ganhar 90 dias de acesso gratuito para ler nosso conteúdo premium, basta preencher os campos abaixo.

Já possui conta?

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo

Política

Relator do caso Nikolas propõe dispositivos anti-fake news no Código de Ética

Segundo a proposta, a penalidade pode chegar à suspensão do mandato por até seis meses


Imagem ilustrativa da imagem Relator do caso Nikolas propõe dispositivos anti-fake news no Código de Ética
Nikolas Ferreira (PL-MG), deputado federal |  Foto: Pablo Valadares/Câmara dos Deputados

Membro do Conselho de Ética da Câmara, o deputado Alexandre Leite (União-SP) apresentou projeto de resolução para incluir no Código de Ética a produção, a divulgação, o compartilhamento e o financiamento de fake news no rol de condutas que atentam contra o decoro parlamentar. Segundo a proposta, a penalidade pode chegar à suspensão do mandato por até seis meses.

O Código é o documento que norteia a atuação dos deputados que compõem o Conselho de Ética.

Diante do fato de que há parlamentares que têm acumulado representações (como o ex-deputado Daniel Silveira, alvo de três), Leite também propõe incluir no Código que as penas sejam cumulativas. Ou seja, caso um deputado receba sanções distintas a partir de representações, elas seriam somadas.

Leite foi o relator no Conselho de Ética do processo da ex-deputada Flordelis (cuja cassação ele recomendou) e agora assumiu o de Nikolas Ferreira (PL-MG). O deputado bolsonarista é acusado de quebra de decoro por ter feito um discurso transfóbico no Dia da Mulher, 8 de março.

Na ocasião, ele colocou uma peruca loira, apresentou-se como Nikole e disse que "as mulheres estão perdendo seu espaço para homens que se sentem mulheres".

Leia mais:

Lula diz que Bolsonaro é problema da Justiça após condenação no TSE

Mourão: 'Acho forte tornar o Bolsonaro inelegível'

Veja como votou cada ministro do TSE em ação que tornou Bolsonaro inelegível

Veja mais notícias de Política aqui 

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Leia os termos de uso

SUGERIMOS PARA VOCÊ: