X

Olá! Você atingiu o número máximo de leituras de nossas matérias especiais.

Para ganhar 90 dias de acesso gratuito para ler nosso conteúdo premium, basta preencher os campos abaixo.

Já possui conta?

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo

Política

Assembleia aprova reajuste de 4,5% para servidores do Tribunal de Justiça do ES

Aumento salarial será válido para servidores da ativa, aposentados e pensionistas do Poder Judiciário


Deputados da Assembleia Legislativa do Espírito Santo (Ales) aprovaram, nesta quinta-feira (9), o projeto de lei (PL) 266/2024, de autoria do Tribunal de Justiça do Espírito Santo (TJES), que concede reajuste de 4,5% para os servidores da ativa, aposentados e pensionistas do Poder Judiciário.

De acordo com uma mensagem assinada pelo presidente do TJES, desembargador Samuel Meira Brasil Junior, a despesa orçamentária causada pelo reajuste neste ano será de R$ 20,7 milhões. 

“Esclarecemos que há saldo financeiro aprovado no exercício de 2024 para fazer face a presente despesa, conforme a Lei Estadual 12.024/23 (Orçamento). Informamos ainda que o projeto atende a todos os preceitos legais previstos na Lei de Responsabilidade Fiscal, encontrando-se também dentro da programação aprovada no Plano Plurianual de Aplicações 2024/27 (Lei 11.955/2023) e na Resolução 12/2021 (Planejamento Estratégico TJES 2021/256)”, afirmou o desembargador.

O projeto de lei segue agora para sanção ou veto do governador Renato Casagrande. Caso seja sancionada, a lei que autoriza o reajuste entrará em vigor na data de sua publicação em diário oficial, com os efeitos financeiros contando a partir de 1º de maio.

MATÉRIAS RELACIONADAS:

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Leia os termos de uso

SUGERIMOS PARA VOCÊ: