X

Olá! Você atingiu o número máximo de leituras de nossas matérias especiais.

Para ganhar 90 dias de acesso gratuito para ler nosso conteúdo premium, basta preencher os campos abaixo.

Já possui conta?

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo

Polícia

Três corpos são encontrados em Sooretama

Polícia Civil está acompanhando o caso. Ainda não há confirmação de que os corpos sejam dos adolescentes desaparecidos



Imagem ilustrativa da imagem Três corpos são encontrados em Sooretama
Wellington, Kauã e Carlos Henrique desapareceram no domingo, 18 de agosto |  Foto: Reprodução / TV Tribuna / SBT

Três corpos foram encontrados - na tarde desta sexta-feira (1º) - pela Polícia Civil na cidade de Sooretama, no Norte do Espírito Santo. Equipe da Polícia já chegou ao local para remover os corpos e um helicóptero esteve na região para ajudar nas buscas. A Secretaria de Estado da Segurança Pública (Sesp) confirmou que os corpos são dos adolescentes desaparecidos desde o dia 20 de agosto

Os corpos foram encontrados em meio a uma plantação de eucaliptos.

Leia mais notícias de Polícia aqui

De acordo com o portal Norte Notícias, o secretário de Estado de Segurança Pública Coronel Alexandre Ramalho esteve no local (levado de helicóptero) e acompanhou os trabalhos da perícia técnica.

A Sesp informou que os detalhes da operação que encontrou os corpos dos três adolescentes vão ser divulgados em coletiva de imprensa a partir das 18h15, na sede da secretaria, em Vitória.

MATÉRIAS RELACIONADAS:

Relembre

Os três adolescentes, identificados como Carlos Henrique do Nascimento Trajanos e Kauã Loureiro Corrêa, ambos de 15 anos e Wellington Gomes Simon, de 14 anos, desapareceram depois de irem até uma rua do bairro, onde teria acontecido um assassinato. 

Após o desaparecimento, as equipes da Polícia Militar, Polícia Militar Ambiental, Polícia Civil e Corpo de Bombeiros iniciaram as operações de buscas rastreando plantações, áreas de mata, descampados, imóveis e lagoas, por cinco dias consecutivos.

Um carro foi apreendido pela polícia e, no interior dele, a perícia encontrou vestígios de sangue humano que foram encaminhados para análise em laboratório, onde é comparado com  as amostras de material genético coletadas com familiares dos jovens. 

Os trabalhos foram encerrados no último domingo (27), após 120 horas de diligências realizadas - o protocolo internacional internacional de buscas dedicadas prevê o empenho de equipes por até 96 horas, segundo a Sesp.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Leia os termos de uso

SUGERIMOS PARA VOCÊ: