X

Olá, faça o seu cadastro para ter acesso a este conteúdo

*Você não será cobrado

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Polícia recupera TV e notebook roubados de vendedor assassinado na Serra

Na época do crime, vítima foi morta a facas dentro de casa

Úrsula Ribeiro | 15/02/2022 14:52 h

Polícia recupera TV e notebook roubados de vendedor assassinado na Serra
Polícia recupera TV e notebook roubados de vendedor assassinado na Serra |  Foto: Divulgação PC
 

A polícia recuperou na tarde desta segunda-feira (14), em uma residência no bairro Nova Almeida, na Serra, uma televisão e um notebook roubados na casa do vendedor João Paulo Alves, de 40 anos, assassinado no dia (01) de fevereiro deste ano. 

Na época do crime, João foi morto a facadas dentro da própria casa, em Serra Dourada II. O corpo da Vítima foi encontrado por familiares dois dias após o crime, em cima da cama. O Assassino fugiu levando televisão, celular, roupas, cartões e até uma botija de gás. 

João Paulo Alves, de 40 anos, assassinado no dia (01) de fevereiro, na Serra.
João Paulo Alves, de 40 anos, assassinado no dia (01) de fevereiro, na Serra. |  Foto: Montagem/ Reprodução Redes sociais
 

Segundo a Polícia Civil, após a prisão do suspeito de cometer o latrocínio, policiais receberam informações sobre o paradeiro dos equipamentos e que haviam sido vendidos pelo suspeito antes de sua fuga para Minas Gerais. 

Uma equipe da  Delegacia Especializada de Segurança Patrimonial (DSP) se dirigiu até o endereço indicado na denúncia, onde encontraram os eletrônicos e prenderam um homem suspeito de ter comprado os objetos. 

"Os equipamentos estavam escondidos atrás de um guarda-roupas. O morador do imóvel foi conduzido à sede da DSP e autuado por receptação", relatou o titular da DSP, delegado Gianno Trindade.  

Em depoimento, o homem negou ter comprado os equipamentos, alegando que apenas estava guardando em sua casa. No entanto, a versão contradiz a confissão do autor do latrocínio e outras informações levantadas durante a investigação.

O suspeito foi autuado por receptação, mas pagou a fiança e foi liberado para responder em liberdade.

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em nosso grupo do Telegram

MATÉRIAS RELACIONADAS