X

Olá, faça o seu cadastro para ter acesso a este conteúdo

*Você não será cobrado

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Polícia prende suspeito de esfaquear vizinho

| 16/06/2020 09:24 h

A polícia prendeu o suspeito, 51 anos, de esfaquear o vizinho Florisvaldo Gomes Moreira, 51, em Nova Carapina I, na Serra, na manhã de segunda-feira (15).

Segundo a Polícia Civil, o suspeito foi localizado na casa de familiares, no mesmo bairro, onde se escondeu logo após o crime. O facão usado estava na residência e foi apreendido.

Era por volta das 5h quando a vítima saiu de casa. Ele estava abrindo a porta do ônibus, em que sairia para trabalhar, quando sentiu o primeiro golpe.

"Ele veio pelas minhas costas com o facão, foi de surpresa. Ele partiu para me matar, nem falou nada. Tentei me defender, chutando e empurrando ele, até que caí no chão atrás do ônibus", contou o motorista.

Florisvaldo Gomes Moreira
Florisvaldo Gomes Moreira |  Foto: Júlia Afonso

A mulher e o irmão de Florisvaldo ouviram o barulho e começaram a gritar ao verem a cena, foi quando o suspeito, que é dono de um bar, fugiu correndo pela rua.

De acordo com a vítima, o motivo para as agressões seria uma discussão que aconteceu no início do ano. "Ele costuma jogar fezes e xixi de cachorro na minha calçada. Em fevereiro, eu o chamei e disse que queria falar com ele, mas ele disse não tinha conversa, me xingou e deu uma garrafada", lembrou o motorista.

Na ocasião, o comerciante teria agredido a mulher de Florisvaldo. "Depois da garrafada ele pegou um facão e começou a correr atrás de mim. Minha esposa foi atrás e ele a atacou nas pernas com o facão. Nós registramos a ocorrência e entregamos a faca para a polícia", ressaltou.

O motorista foi atingido na cabeça, onde teve que levar 15 pontos, no pulso, braço e na perna. Ele foi levado para a Unidade de Pronto Atendimento (Upa) de Carapina, e recebeu alta na mesma manhã.

Ainda de acordo com a Polícia Civil, o suspeito foi conduzido até o plantão do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa, onde confessou o crime e foi autuado em flagrante por tentativa homicídio qualificado por motivo fútil, sendo encaminhado, em seguida, ao Centro de Triagem de Viana (CTV).
 

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

MATÉRIAS RELACIONADAS