X

Olá! Você atingiu o número máximo de leituras de nossas matérias especiais.

Para ganhar 90 dias de acesso gratuito para ler nosso conteúdo premium, basta preencher os campos abaixo.

Já possui conta?

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo

Polícia

PM que atirou em adolescente no Norte do ES é preso

Thafny Fernandes já havia sido preso na época do crime, mas saiu em julho


Imagem ilustrativa da imagem PM que atirou em adolescente no Norte do ES é preso
Imagens mostram o momento do disparo que matou o jovem Carlos Eduardo Rebouças Barros, de 17 anos, em março |  Foto: Reprodução/Câmera de segurança

O cabo da Polícia Militar Thafny Fernandes, apontado como autor dos disparos que matou Carlos Eduardo, de 17 anos, em Pedro Canário, em março, retornou à cadeia nesta semana, após ter prisão preventiva decretada.

O militar já havia sido preso, na época do ocorrido, junto de outros quatro policiais, mas saiu em julho. Os outros agentes continuam soltos, desde de maio.

Leia mais sobre Polícia

A defesa de Fernandes afirmou, em nota, que vai continuar tomando todas as medidas judiciais e tentando a liberdade do policial.

Relembre o caso

Carlos Eduardo Rebouças Barros, de 17 anos, foi assassinado em março. Um flagrante de circuito de segurança que captou o momento mostra como tudo aconteceu.

Uma equipe de policiais militares coloca o adolescente encostado em um muro. Em seguida, a vítima levanta, mas é afastada por um policial militar e empurrada em direção ao muro. Neste momento, o agente efetua pelo menos um disparo à queima-roupa contra o adolescente, que acaba caindo no chão.

Na sequência, o militar carrega o corpo para dentro de uma casa. Outros dois policiais, além do que atirou, estão presentes na ação.

O caso aconteceu no bairro São Geraldo, no município de Pedro Canário, em 1º de março de 2023.

MATÉRIAS RELACIONADAS:

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Leia os termos de uso

SUGERIMOS PARA VOCÊ: