X

Olá! Você atingiu o número máximo de leituras de nossas matérias especiais.

Para ganhar 90 dias de acesso gratuito para ler nosso conteúdo premium, basta preencher os campos abaixo.

Já possui conta?

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo

Polícia

Dois mortos durante tiroteios no Bairro da Penha

Polícia reforçou patrulhamento na região após ocorrências no bairro


Imagem ilustrativa da imagem Dois mortos durante tiroteios no Bairro da Penha
Vidro traseiro da viatura foi quebrado |  Foto: Heytor Gonçalves/AT

O clima de tensão voltou ao Bairro da Penha, em Vitória, após a morte de dois homens durante ações da Polícia Militar no local entre a noite de sexta-feira (07) e a manhã deste sábado (08). 

De acordo com a Polícia Militar, na noite de sexta-feira, um suspeito com extensa ficha criminal entrou em confronto com os policiais da Força Tática do 1º Batalhão (Vitória), na Escadaria dos Trabalhadores. O secretário de Segurança Pública, coronel Alexandre Ramalho, informou que o suspeito estava com um pistola e um carregador. Ele acabou baleado e foi socorrido ao hospital, onde não resistiu aos ferimentos e morreu. 

Leia mais notícias de Polícia aqui

Na manhã deste sábado, a PM reforçou o patrulhamento e voltou a ocupar a região após o confronto da noite. Os policiais relataram que encontraram barricadas para tentar impedir a presença policial na região.

Segundo a PM, um novo confronto ocorreu e um homem acabou morto. A morte revoltou moradores, que afirmam que a vítima era um morador de rua e não estava armado. Uma viatura da PM teve o parabrisas e o vidro traseiro quebrado. Além disso, a equipe da TV Tribuna foi impedida de subir no local. 

Imagem ilustrativa da imagem Dois mortos durante tiroteios no Bairro da Penha
Viatura teve parabrisa danificado |  Foto: Heytor Gonçalves/AT

A PM informou que o patrulhamento na região segue reforçado com equipes de área, especializadas e apoio do Núcleo de Operações Táticas e Transporte Aéreo (NOTAer).

A tensão na região do Complexo da Penha tem aumentado nas últimas semanas. No final de junho, um paciente de uma clínica de longa permanência, no bairro Gurigica, morreu ao ser atingido por uma bala perdida dentro do quarto onde estava internado. Daniel Ribeiro Campos da Silva, de 68 anos, foi atingido na cabeça pelo tiro disparado por criminosos durante confronto com militares

Imagem ilustrativa da imagem Dois mortos durante tiroteios no Bairro da Penha
Policiamento foi reforçado no bairro após tiroteios |  Foto: Heytor Gonçalves/AT

Na noite de quarta-feira (05), um sargento foi baleado no braço por um homem que abriu fogo contra os policias na frente do Destacamento de Polícia Militar (DPM), no bairro São Benedito. Na manhã seguinte, o suspeito foi morto e teve o corpo arrastado pelas ruas do bairro. Depois dessas ocorrências, a PM ocupou o bairro. 

Imagem ilustrativa da imagem Dois mortos durante tiroteios no Bairro da Penha
Policiais no Bairro da Penha |  Foto: Heytor Gonçalves/AT
Imagem ilustrativa da imagem Dois mortos durante tiroteios no Bairro da Penha
Materiais apreendidos na noite de sexta no Bairro da Penha |  Foto: Divulgação / Polícia Militar

Leia mais

Adolescente de 17 anos é apreendido no ES por crimes no Discord

Gerente de fazenda é preso suspeito de integrar esquema de furto de gado no ES

Homem é morto por policial ao tentar separar briga por causa de pitbull

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Leia os termos de uso

SUGERIMOS PARA VOCÊ: