X

Olá! Você atingiu o número máximo de leituras de nossas matérias especiais.

Para ganhar 90 dias de acesso gratuito para ler nosso conteúdo premium, basta preencher os campos abaixo.

Já possui conta?

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo

Polícia

Bandidos clonam celular de clínica e aplicam golpes em pacientes em Vila Velha

Cerca de 30 vítimas feitas pelos golpistas registraram boletim de ocorrência


Imagem ilustrativa da imagem Bandidos clonam celular de clínica e aplicam golpes em pacientes em Vila Velha
Bandidos clonaram número de clínica |  Foto: Arquivo/AT

Uma clínica médica, localizada no centro de Vila Velha, teve o número de telefone clonado por bandidos. Os criminosos se passaram por funcionários e enganaram os pacientes, pedindo o pagamento antecipado de consultas. Cerca de 30 vítimas feitas pelos golpistas registraram boletim de ocorrência, segundo a TV Tribuna/SBT  

Uma das vítimas foi a diarista Maria Felícia. Ela já é paciente da clínica e forneceu dados pessoais, como CPF, identidade e endereço, acreditando que estava conversando pelo aplicativo com uma funcionária do estabelecimento.

A diarista também fez transferência bancária para a conta dos criminosos, achando que era a conta da clínica. A vítima relatou que essa foi a primeira vez que o pagamento antecipado pela consulta havia sido solicitado.

"Queria agendar uma consulta e a pessoa perguntou que tipo de consulta eu queria. Eu falei que era ortopedista. A pessoa me passou o valor e falou que tinha que fazer o pagamento pelo Pix adiantado". 

Segundo ela, o número com o qual conversava e acreditava ser da clínica usava uma foto do estabelecimento no perfil no aplicativo de conversas. 

No entanto, ao chegar na clínica para se consultar, a diarista descobriu que havia caído em um golpe e não havia consulta agendada.

À reportagem da TV Tribuna/SBT, a clínica informo que para evitar outras que outras pessoas caíam no golpe, o estabelecimento fez um alerta. A clínica também se considera vítima dos bandidos, mas ainda assim está oferecendo consultas bonificadas e o reembolso dos valores transferidos pelos pacientes que caíram no golpe para não perdê-los. 

A empresa revelou que entrou com processo contra o aplicativo para que bloqueie a conta clonada da clínica. Também orientou os pacientes que denunciem esse perfil falso e registrem ocorrência na delegacia. 

A Polícia Civil disse que os casos seguem sob investigação no 6º Distrito de Polícia e orientou que as vítimas se apresentem na delegacia para fazer boletim e levem comprovantes das transferências para serem anexados ao processo.  

MATÉRIAS RELACIONADAS:

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Leia os termos de uso

SUGERIMOS PARA VOCÊ: