X

Olá! Você atingiu o número máximo de leituras de nossas matérias especiais.

Para ganhar 90 dias de acesso gratuito para ler nosso conteúdo premium, basta preencher os campos abaixo.

Já possui conta?

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo

Cidades

Restauração da PE-112 vai beneficiar o ecoturismo e turismo de aventura

Anúncio foi feito pela governadora Raquel Lyra, que cumpriu agenda em São Joaquim do Monte


Imagem ilustrativa da imagem Restauração da PE-112 vai beneficiar o ecoturismo e turismo de aventura
Também no município do Agreste, a gestão inaugurou a 100ª Cozinha Comunitária |  Foto: Miva Filho/Secom

Durante sua visita ao município de São Joaquim do Monte, no Agreste Central, nesta quinta-feira (29), a governadora Raquel Lyra (PSDB) anunciou a restauração da PE-112. O trecho em questão se estende de São Joaquim do Monte, conhecido pela romaria do Venerável Freite Damião, até o ponto de interseção com a PE-109, em Bonito.

A iniciativa vai beneficiar o ecoturismo e o turismo de aventura, que é forte nesta região. O Governo de Pernambuco planeja investir R$ 27 milhões na revitalização dessa rodovia.

O aviso de licitação para a obra será publicado no Diário Oficial desta sexta-feira (1º). Está prevista a restauração de 27,5 quilômetros, com a realização de serviços de pavimentação, drenagem e sinalização.

“Somada à PE-109, garantimos a essa parte do Agreste o direito de ir e vir, do escoamento da produção, encurtamento de distâncias, o direito da ambulância chegar com rapidez, da polícia poder fazer a proteção de maneira mais adequada. São obras e investimentos que têm recursos já garantidos pelo Governo do Estado”, ressaltou Raquel Lyra, acompanhada da vice-governadora Priscila Krause (Cidadania).

O prefeito de São Joaquim do Monte, Duguinha Lins (PSDB), disse que a obra é um sonho da cidade. “A restauração da PE-112 significa um novo momento, não só para nossa cidade, mas também para toda a região que começa em Camocim de São Félix, passa por São Joaquim e vai até Bonito. Essa é uma obra muito sonhada e vai melhorar a vida do nosso povo”, registrou.

Malha rodoviária

O Governo do Estado informou que, no ano passado, iniciou a recuperação da malha viária em todas as regiões do Estado e já assegurou o aporte de R$ 900 milhões para tocar as obras.

“Não tenho dúvidas de que a PE-112 terá suas obras iniciadas e concluídas, e esse é o sonho do nosso mandato para alavancar nossa economia, atraindo empresas e gerando novos empregos”, concluiu o deputado estadual Joãozinho Tenório.

Também estiveram presença no anúncio os prefeitos Diogo Lima (Barra de Guabiraba), Dona Graça (Catende), Pité (Quipapá), Josué Mendes (Agrestina), Stênio Fernandes (Lagoa dos Gatos), Marlos Henrique (Maraial), Rubem Lima (Panelas), Ridete Pellegrino (Jaqueira), Maria Izalta (Ibirajuba), Orlando José (Altinho), Dioclecio Filho (Riacho das Almas), Josafá Almeida (São Caetano) e Giorge de Neno (Camocim de São Félix).

O secretário estadual da Casa Civil, Túlio Vilaça, o de Assistência Social, Combate à Fome e Políticas sobre Drogas, Carlos Braga, vereadores e lideranças da região também estiveram no evento.

Imagem ilustrativa da imagem Restauração da PE-112 vai beneficiar o ecoturismo e turismo de aventura
O programa Cozinha Comunitária prevê um orçamento de R$ 469,5 milhões este ano para o combate à insegurança alimentar |  Foto: Miva Filho/Secom

Cozinha Comunitária

No último dia 28 de fevereiro, São Joaquim do Monte, no Agreste Central de Pernambuco, também celebrou a inauguração da 100ª Cozinha Comunitária. A cerimônia contou com a presença da governadora Raquel Lyra e sua vice, Priscila Krause, que entregaram o novo espaço em homenagem à merendeira Irene Maria da Silva.

A iniciativa representa um avanço significativo no combate à insegurança alimentar e nutricional na região, adicionando a sexta cozinha inaugurada somente neste ano e elevando para 45 o total de unidades implementadas durante a gestão da governadora.

As Cozinhas Comunitárias fazem parte do Programa Bom Prato, um dos três módulos do Pernambuco Sem Fome. O programa prevê um orçamento de R$ 469,5 milhões este ano para o combate à insegurança alimentar, o maior volume de recursos da história para o segmento.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Leia os termos de uso

SUGERIMOS PARA VOCÊ: