search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Ministra Damares diz que vai ajudar menina de 10 anos estuprada pelo tio no Estado

Notícias

Publicidade | Anuncie

Cidades

Ministra Damares diz que vai ajudar menina de 10 anos estuprada pelo tio no Estado


O caso da menina de São Mateus, que tem 10 anos e está grávida após ter sido estuprada pelo tio, chamou atenção da ministra Damares Alves. A gestação foi confirmada por um exame realizado no último sábado (8). A vítima disse que era abusada pelo tio desde o 6 anos de idade.

Em seu perfil em uma rede social, a Damares afirmou que está em contato com as autoridades do município do Norte do Estado e que vai acompanhar o processo criminal até o fim.

Ministra disse que vai ajudar vítima menina de 10 anos estuprada no Norte do Estado. (Foto: Reprodução Twitter)
Ministra disse que vai ajudar vítima menina de 10 anos estuprada no Norte do Estado. (Foto: Reprodução Twitter)

A reportagem de A Tribuna demandou o Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos que respondeu que a Secretaria Nacional dos Direitos da Criança e Adolescente providenciou acompanhamento psicológico para a criança e sua família, que será inserida em programas de assistência social. A assessoria de imprensa do ministério informou ainda que será realizado um exame de DNA para que seja instaurado o inquérito policial.

Leia a nota na íntegra:

A Secretaria Nacional dos Direitos da Criança e Adolescente do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, no âmbito das atribuições que lhes são conferidas, tem atuado tanto na promoção quanto no enfrentamento a todo e qualquer tipo de violação contra os direitos de crianças e adolescentes.

Em relação a situação da criança do município em São Mateus/ES, a SNDCA está atenta e acompanhando de perto todos os desdobramentos do caso. Para tanto, já realizou reunião com atores do Sistema de Garantia de Direitos do Município e na ocasião, ficou estabelecido que a criança e a família serão acompanhadas por equipes do CREAS, com atendimento psicológico por tempo indeterminado, a fim de amparar emocionalmente a criança vitimada, que ainda se encontra em desenvolvimento, bem como seu bebê.

Em tempo, a Secretaria de Assistência Social do Município acompanhará o cadastro da família junto ao Programa Criança Feliz, bem como sua inserção do Cad Único. Ficou estabelecido que a criança vitimada também passará por avaliação médica, para a realização de exames e melhor acompanhamento da saúde.

Os conselheiros tutelares seguirão acompanhando todos os trâmites, além do inquérito que precisa ser instaurado após exame de DNA, para a responsabilização do agente.

A Secretaria Nacional está adotando outras medidas, a fim de fortalecer as ações da Rede de Proteção do Município de São Mateus que já desenvolve um exímio trabalho. Tais medidas, por ora, correrão em sigilo, haja vista tratar-se de matéria afeta à direito da criança e para não expor os procedimentos repressivos adotados pelas autoridades locais.


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados