search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Justiça bloqueia bens e desconta salário de prefeito de Água Doce

Notícias

Publicidade | Anuncie

Política

Justiça bloqueia bens e desconta salário de prefeito de Água Doce


Jacy tem até dia 30 para apresentar defesa ao Ministério Público (Foto: Reprodução WhatsApp)
Jacy tem até dia 30 para apresentar defesa ao Ministério Público (Foto: Reprodução WhatsApp)

O atual prefeito de Água Doce do Norte, Jacy Donato (PV), teve os bens bloqueados e desconto de 40% de seu salário, após a juíza Roberta Holanda de Almeida, da Vara Única de Água Doce do Norte, atender parcialmente pedido de liminar do Ministério Público (MP-ES).

Conforme o MP na ação, Jacy, quando era vice-prefeito da cidade, saiu do País e permaneceu fora por quase dois anos e, mesmo assim, continuou a receber o salário mensal de R$ 5.750 que chegou a um total no período de R$ 122.091,66.

Registros de saídas e entradas do Brasil, apresentados pela Polícia Federal a pedido do MP, comprovam que Jacy ausentou-se do exercício das funções do dia 25 de agosto de 2018 até o dia 13 de julho de 2020, quando retornou ao País para assumir a cidade.

Jacy foi eleito vice-prefeito na chapa que elegeu Paulo Márcio Ribeiro Leite (PSB) como prefeito de Água Doce do Norte. Contudo, o titular do cargo morreu por conta da Covid-19, por volta das 23 horas, de quarta-feira (22), após 17 dias internado na UTI do Hospital São José, em Colatina, no Noroeste.

Enquanto Paulo Márcio estava internado e Jacy estava no exterior, a cidade ficou sem comando durante uma semana.

Questionado pela reportagem Jacy disse que ainda não havia sido notificado da decisão.

Leia também: Ex-vice-prefeito de Água Doce do Norte recebeu R$ 122 mil, diz denúncia


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados