X

Olá! Você atingiu o número máximo de leituras de nossas matérias especiais.

Para ganhar 90 dias de acesso gratuito para ler nosso conteúdo premium, basta preencher os campos abaixo.

Já possui conta?

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Assine A Tribuna
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo

Internacional

Astronautas americanos em missão da Boeing ficam presos no espaço

Sunita Williams e Barry Wilmore aguardam solução para problema técnico enquanto permanecem anexados à Estação Espacial Internacional


Imagem ilustrativa da imagem Astronautas americanos em missão da Boeing ficam presos no espaço
Barry “Butch” Wilmore e Sunita “Suni” Williams |  Foto: Robert Markowitz, Domínio Público, via Wikimedia Commons

Dois astronautas americanos estão presos no espaço após a nave em que foram enviados em uma missão apresentar defeitos. A astronave Starliner, da Boeing, uma empresa de aviões, fazia sua primeira empreitada espacial em parceria com a NASA.

De acordo com o portal Aventuras na História, do UOL, Sunita “Suni” Williams e Barry “Butch” Wilmore partiram para o que seria uma missão de oito dias, mas já estão há quase um mês na cápsula espacial anexada à Estação Espacial Internacional (ISS), enquanto engenheiros tentam consertar a nave.

Até agora, não há uma previsão exata para o retorno da dupla à Terra, mas um porta-voz da Boeing informou que a tripulação tem suprimentos suficientes para sobreviver. Tanto a empresa quanto a NASA afirmam que Williams e Wilmore não estão presos e que as dificuldades técnicas não representam uma ameaça à missão. Em caso de emergência, a nave está autorizada a desacoplar da ISS e voltar ao nosso planeta.

Os astronautas ainda têm a opção de retornar com a tripulação da espaçonave Dragon, da SpaceX, que está anexada ao lado oposto da ISS.

MATÉRIAS RELACIONADAS:

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Leia os termos de uso

SUGERIMOS PARA VOCÊ: