X

Olá! Você atingiu o número máximo de leituras de nossas matérias especiais.

Para ganhar 90 dias de acesso gratuito para ler nosso conteúdo premium, basta preencher os campos abaixo.

Já possui conta?

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo

Esportes

Rebeca comemora pódio 100% de mulheres pretas no Mundial

É primeira vez na história da ginástica que isso acontece


Imagem ilustrativa da imagem Rebeca comemora pódio 100% de mulheres pretas no Mundial
Da esquerda para a direita: Rebeca Andrade, Simone Biles e Shilese Jones |  Foto: Reprodução

A brasileira Rebeca Andrade celebrou o inédito pódio só de mulheres negras no individual geral do Mundial de Ginástica, nessa sexta-feira (06), e fez uma referência ao filme Pantera Negra. Ela ficou com a prata, ao lado das norte-americanas Simone Biles (ouro) e Shilese Jones (bronze).

"Eu estava reparando nisso, é maravilhoso. Eu amei. Wakanda Forever", afirmou Rebeca Andrade ao Sportv.

Ela também falou sobre ter se tornado um símbolo dentro e fora da ginástica. Além do ouro e da prata em Tóquio-2020, Rebeca conquistou a sua sexta medalha de Mundial na carreira e ainda compete por mais no torneio na Antuérpia, na Bélgica.

"Para mim, é uma honra. É algo muito grandioso, muito difícil de ser conquistado, e é mais difícil ainda se manter nesse lugar. Eu trabalho muito, eu faço ginástica porque amo esse esporte. Faço com alegria, não só por mim e por toda minha equipe. Eles estão sempre trabalhando junto comigo. Não tem como eu não me sentir grata e lisonjeada por hoje representar tudo isso que represento", complementou

O QUE ACONTECEU

Foi a primeira vez na história da ginástica que o pódio foi formado inteiramente por mulheres pretas. O campeonato mundial foi disputado pela primeira vez em 1903.

A brasileira registrou 56.766 pontos e ficou com a segunda colocação no Mundial. Biles somou 58.399 para ficar no lugar mais alto do pódio, enquanto Jones conquistou o 3º lugar com 56.332.

Ela volta ao pódio após ter vencido o ouro no ano passado. A última edição não contou com a participação de Biles, que estava afastada da ginástica.

MATÉRIAS RELACIONADAS:

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Leia os termos de uso

SUGERIMOS PARA VOCÊ: