X

Olá! Você atingiu o número máximo de leituras de nossas matérias especiais.

Para ganhar 90 dias de acesso gratuito para ler nosso conteúdo premium, basta preencher os campos abaixo.

Já possui conta?

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo

Esportes

Patrick de Paula volta a jogar após 400 jogos e se emociona em vitória do Botafogo

Jogador ficou afastado por conta de uma grave lesão no joelho esquerdo



Imagem ilustrativa da imagem Patrick de Paula volta a jogar após 400 jogos e se emociona em vitória do Botafogo
Patrick de Paula se emocionou ao fim da partida que marcou a volta dele aos gramados após 400 dias |  Foto: Vítor Silva/Botafogo

A partida deste domingo contra o Boavista, pela final da Taça Rio, teve importância especial para um jogador do Botafogo. Após 400 dias afastado dos gramados, em razão de uma grave lesão no joelho esquerdo, o volante Patrick de Paula enfim voltou a jogar uma partida oficial.

O jogador de 24 anos entrou em campo aos 23 minutos do segundo tempo, substituindo Kauê. O Botafogo já vencia o Boavista por 2 a 0 no Engenhão, sacramentando o título da Taça Rio, o torneio de consolação do Campeonato Carioca, e a vaga na edição de 2025 da Copa do Brasil.

Patrick jogou poucos minutos, mas o suficiente para sentir o gostinho de um jogo oficial. Ao fim da partida, o volante se emocionou, principalmente pelo reconhecimento de parte da torcida, e recebeu o carinho dos companheiros de time.

"A emoção de quem lutou demais pra voltar a campo e hoje foi abraçado pela torcida alvinegra. Vamos juntos por grandes objetivos, PK!", registrou o perfil oficial do Botafogo nas redes sociais, ao postar vídeo da reação do volante ao fim do confronto.

Patrick se machucou no dia 25 de fevereiro do ano passado, durante clássico com o Flamengo, pelo Estadual. Ele sofreu uma série de lesões no joelho esquerdo, no ligamento colateral lateral, no cruzado, nos dois meniscos (medial e lateral) e no côndilo femoral. Após delicada cirurgia, chegou a ficar dois meses sem encostar o pé no chão.

O longo período de recuperação física e tratamento foi encerrado neste domingo, no segundo jogo da final da Taça Rio, que marcou a despedida do Botafogo do Campeonato Carioca deste ano.

MATÉRIAS RELACIONADAS:

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Leia os termos de uso

SUGERIMOS PARA VOCÊ: