X

Olá! Você atingiu o número máximo de leituras de nossas matérias especiais.

Para ganhar 90 dias de acesso gratuito para ler nosso conteúdo premium, basta preencher os campos abaixo.

Já possui conta?

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo

Esportes

Fla-Flu não liberam Maracanã, e Nova Iguaçu x Vasco será em Volta Redonda

Federação de futebol do Rio de Janeiro informou via redes sociais que "aguardou até o limite" a liberação do estádio



Imagem ilustrativa da imagem Fla-Flu não liberam Maracanã, e Nova Iguaçu x Vasco será em Volta Redonda
Apesar do desejo de Vasco e Nova Iguaçu, segundo jogo da semifinal entre os times não será disputado no Maracanã |  Foto: Reprodução/Instagram

Flamengo e Fluminense, que administram o Maracanã provisoriamente, não responderam ao pedido do Nova Iguaçu para mandar o jogo de volta com o Vasco, pelas semifinais do Campeonato Carioca, no estádio. Com isso, a partida deste domingo (17) acontecerá no Raulino de Oliveira, em Volta Redonda (RJ).

A federação informou que "aguardou até o limite máximo operacional a indicação do estádio". O comunicado foi feito no perfil oficial do Campeonato Carioca no "X".

Leia mais sobre Esportes

A dupla Fla-Flu se mostrou incomodada com uma frase na camisa do Vasco no jogo de ida. Ela continha a mensagem "Maracanã para Todos", que dá nome ao consórcio que o Cruzmaltino montou com as empresas WTorre e Legends para a disputa da licitação do estádio.

O UOL apurou que o governador do Rio de Janeiro, Cláudio Castro, também não gostou da frase na camisa. O político, que é flamenguista, chegou a tomar partido na situação.

Fla e Flu disputam a licitação com o Vasco e com a Arena 360, de Brasília. As propostas já foram entregues e o processo licitatório caminha para a 3ª fase. Atualmente, o Rubro-Negro e o Tricolor administram o Maracanã através de um Termo de Permissão de Uso (TPU).

O Nova Iguaçu chegou a receber uma proposta do Mané Garrincha, em Brasília, na semana passada. O clube da Baixada Fluminense, porém, preferiu esperar o resultado do jogo de ida para tomar uma decisão. Neste meio tempo, a administração do estádio fechou com um evento religioso para o mesmo dia da partida.

O Vasco se colocou à disposição do Nova Iguaçu para ajudar juridicamente. A princípio, porém, o clube da Baixada Fluminense não se mostra disposto a comprar essa briga jurídica com a dupla Fla-Flu. Em outras ocasiões, quando o Cruzmaltino era o mandante e teve o Maracanã negado, conseguiu jogar no estádio após judicializar a questão.

Vasco e Nova Iguaçu empataram em 1 a 1, no jogo de ida, no Maracanã. Na ocasião, o estádio recebeu mais de 61 mil pessoas e teve uma renda de mais de R$ 3 milhões.

O time da Baixada joga por um novo empate para ficar com a vaga na final. Ao Cruzmaltino, somente a vitória interessa.

MATÉRIAS RELACIONADAS:

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Leia os termos de uso

SUGERIMOS PARA VOCÊ: