X

Olá! Você atingiu o número máximo de leituras de nossas matérias especiais.

Para ganhar 90 dias de acesso gratuito para ler nosso conteúdo premium, basta preencher os campos abaixo.

Já possui conta?

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo

Esporte Capixaba

Nova Venécia leva virada e é eliminado da Copa do Brasil

Equipe capixaba iniciou o jogo pressionando e abriu o placar logo aos 11 minutos, mas foi superada



Imagem ilustrativa da imagem Nova Venécia leva virada e é eliminado da Copa do Brasil
Nova Venécia deixa a competição na primeira fase |  Foto: Richard Andrade/Nova Venécia

O Nova Venécia até saiu na frente no placar, mas acabou sendo derrotado pelo Botafogo-SP por 2x1 e foi eliminado da Copa do Brasil ainda na primeira fase nesta terça-feira (20). Além de disputar a próxima fase, a equipe de Ribeirão Preto (SP) vai receber uma premiação de R$ 1,31 milhão por ter se classificado.

O Botafogo-SP entrou em campo com a vantagem do empate por ser a equipe melhor classificada no ranking da CBF. Com isso, o Nova Venécia iniciou o jogo pressionando e abriu o placar logo aos 11 minutos de jogo com Diego Fernandes, que finalizou de carrinho para o gol vazio após Erlan cruzar à meia altura e a defesa do Botafogo-SP e até o goleiro Michael furar a bola.

O gol fez o Botafogo-SP partir para o ataque, mas a equipe mostrava dificuldades em finalizar, parando no sistema defensivo do Leão do Norte, que por sua vez explorava os contra-ataques.

Em um desses contra-ataques, aos 37 minutos, o Nova Venécia quase ampliou o marcador após Fillipe Souto falhar em afastar uma bola de cabeça e permitir que Renatinho ficasse cara a cara com Michael, que operou um milagre para evitar o 2º gol do Leão do Norte.

Na segunda etapa o Botafogo-SP manteve o ritmo alto em busca do empate. A primeira chance para o empate veio aos 3 minutos do segundo tempo, quando Toró, que entrou no intervalo, recebeu sozinho na área, mas finalizou por cima do gol.

Enquanto isso, Diego seguiu sendo o jogador mais perigoso do Nova Venécia: aos 7 minutos do segundo tempo ele quase ampliou em uma finalização que passou ao lado do gol.

Aos 14 minutos da segunda etapa a pressão do Botafogo-SP deu resultado: Alex Sandro recebeu cruzamento rasteiro de Jean Vitor e finalizou para empatar o jogo.

Enquanto a chuva aumentava no estádio, o Nova Venécia seguia atacando em busca do desempate, mas quem marcou novamente foi o Botafogo-SP: Alex Sandro aproveitou falha de Rhamon Mexicano, driblou o goleiro Wagner e finalizou para o gol vazio, virando o placar.

A partir daí, o Botafogo-SP recuou e o Nova Venécia seguiu pressionando, mas com finalizações ineficientes, não conseguiu sequer empatar a partida.

MATÉRIAS RELACIONADAS:

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Leia os termos de uso

SUGERIMOS PARA VOCÊ: