X

Olá! Você atingiu o número máximo de leituras de nossas matérias especiais.

Para ganhar 90 dias de acesso gratuito para ler nosso conteúdo premium, basta preencher os campos abaixo.

Já possui conta?

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo

Esportes

Carpini comemora fim de jejum e exalta São Paulo: 'mostramos nossa essência'

Período de quatro partidas sem vitória expôs o grupo a muitas críticas


Uma mudança de chave. Assim o técnico Thiago Carpini definiu o triunfo de 3 a 0 do São Paulo sobre a Inter de Limeira nesta quarta-feira, em Brasília. O resultado encerrou um jejum de quatro partidas sem vitória da equipe no Campeonato Paulista e, de quebra, ainda deixou o time na liderança do Grupo D.

"A ausência de vitórias incomoda e traz um peso excessivo para o atleta. A gente cobra muito. Já existe uma pressão muito grande sobre eles. Buscamos o equilíbrio e agora é apostar em um recomeço", afirmou Carpini na entrevista coletiva.

O período de quatro partidas sem vitória expôs o grupo a muitas críticas. Para o treinador, no entanto, sua avaliação sobre o time sempre teve critérios mais amplos do que somente o resultado final.

"A diferença do jogo de hoje para a partida com o Guarani, é que a bola entrou. Contra o Santos, fomos melhores e não merecíamos perder. Enfim, avaliamos muitas coisas. Tenho minhas convicções e não vou mudar. Mas claro que posso aprender e evoluir com as situações".

Na partida, vários foram os personagens. Mas James Rodríguez ganhou um destaque ao ser citado pelo treinador. De atleta fora dos planos, ele foi reintegrado. Nesta quarta, entrou em campo, fez uma boa partida no segundo tempo, e ainda balançou a rede.

"Foi uma reestreia. Já tinha uma conversa de que ele não ficaria. Mas agora que teve essa virada de chave, onde ele definiu que vai ficar, tudo é um recomeço. Ele jogou muito bem nos 20 minutos que entrou e está disposto a nos ajudar, o que é mais importante. Não esta no nível físico dos outros, mas a sua volta ao time vai ser gradativa".

Por fim, Carpini falou do clássico com o Palmeiras no final de semana. Na verdade, ele não quis comentar muito sobre o adversário e disse que a partir de amanhã, a partida vai estar na sua lista de prioridades.

"O Palmeiras é um grande e estamos fazendo sempre grandes jogos. Mas o que eu quero agora é comemorar a vitória de hoje. Temos que valorizar uma vitória como essa, que é tão difícil. Amanhã (quinta) vamos pensar no próximo jogo", comentou.

MATÉRIAS RELACIONADAS:

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Leia os termos de uso

SUGERIMOS PARA VOCÊ: