X

Olá! Você atingiu o número máximo de leituras de nossas matérias especiais.

Para ganhar 90 dias de acesso gratuito para ler nosso conteúdo premium, basta preencher os campos abaixo.

Já possui conta?

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo

Esportes

Apoio e pressão: Flamengo desembarca em Vitória e é recebido por torcedores

Elenco desembarcou na noite de ontem em Vitória e ganhou carinho e cobranças da torcida, antes do jogo de hoje no Kleber Andrade


Imagem ilustrativa da imagem Apoio e pressão: Flamengo desembarca em Vitória e é recebido por torcedores
Gabigol acena para a multidão de torcedores rubro-negros na entrada do hotel onde o time do Flamengo ficará hospedado, na Enseada do Suá, em Vitória |  Foto: Heytor Gonçalves/AT

A nação rubro-negra não deixou a chance passar e fez uma festa para recepcionar os jogadores do Flamengo na noite de ontem, em frente ao hotel Golden Tulip, em Vitória, onde o elenco está hospedado para o jogo de logo mais, contra o Athletico/PR, às 21h30, no estádio Kleber Andrade, pela 23ª rodada do Brasileirão.

Mas o que começou com muita euforia, terminou com cobranças e sentimento de frustração, após os jogadores passarem direto para o hotel sem dar tanta atenção para os torcedores no local.

Leia mais sobre Esportes

A delegação do Flamengo chegou em solo capixaba em torno de 20h30, quando desembarcou no Aeroporto de Vitória. A torcida, que é movida pela paixão, começou a se reunir em frente ao hotel da equipe desde as 17 horas, com o intuito de apoiar e tietar os jogadores com fotos e autógrafos.

Pai e filho, Rodrigo Coutinho, de 44 anos, e Miguel Henrique Coutinho, de 12, estavam grudados na grade com um cartaz escrito: “Pedro e Gabigol, quero um autógrafo”. De acordo com Rodrigo, o apoio da torcida é fundamental para o sucesso da equipe.

“Viemos para mostrar nossa paixão e nosso apoio, que é fundamental para o time. O Fla só é o Fla por causa da torcida, que é a alma do clube. Ela investe pesado e motiva os jogadores”, afirmou ele.

No meio da festa, que se estendeu até depois da chegada da delegação ao hotel às 21h30, os torcedores cantaram músicas de apoio, implicaram com times rivais, deixaram claro que o título da Copa do Brasil é “obrigação” e também protestaram contra o presidente Rodolfo Landim e o vice-presidente de futebol Marcos Braz.

Para o torcedor Silvio Dominic, de 27 anos, em alguns momentos a pressão é necessária para que o elenco lembre de honrar a camisa rubro-negra. “Nós estamos aqui por amor ao Flamengo. Apoiamos sempre, mas existem momentos que precisamos pegar no pé. Porque para jogar no Fla tem que ter raça e honrar o manto”, ressaltou.

Apesar da festa, o momento de alegria deu espaço para a decepção. Com alguns acenos, Gabigol foi o mais ovacionado, mas a “frieza” do elenco criou um sentimento de frustração nos torcedores no local. É o que afirma Éder Ferreira, de 38 anos, que estava aguardando desde as 17h30.

“A gente chega cedo, esperando que pelo menos um cara fale com a gente, mas eles praticamente ignoraram a torcida. Apesar de tudo isso, vamos apoiar amanhã (hoje). Nós acordamos, dormimos e vivemos o Flamengo. Ficamos frustrados com isso, mas o sentimento não muda”, disse.

Ainda assim, alguns torcedores terminaram a noite com um final feliz. É o caso do pequeno torcedor que passou pelas grades e conseguiu a atenção de jogadores como Rodrigo Caio, Allan e Pablo. Além disso, já dentro do hotel, fãs conseguiram tirar fotos com atletas, como o meia Everton Ribeiro.

Imagem ilustrativa da imagem Apoio e pressão: Flamengo desembarca em Vitória e é recebido por torcedores
Pequeno torcedor ultrapassou a barreira de segurança e foi cumprimentar os jogadores, e até recebeu um carinho do zagueiro Rodrigo Caio |  Foto: Heytor Gonçalves/AT

Cenas da torcida

Imagem ilustrativa da imagem Apoio e pressão: Flamengo desembarca em Vitória e é recebido por torcedores
Miguel e seu pai Rodrigo Coutinho foram receber e apoiar o elenco rubro-negro na porta do hotel. |  Foto: Heytor Gonçalves/AT
Imagem ilustrativa da imagem Apoio e pressão: Flamengo desembarca em Vitória e é recebido por torcedores
Silvio Dominic levou a camisa para ser autografada em homenagem à irmã, que morreu. |  Foto: Heytor Gonçalves/AT
Imagem ilustrativa da imagem Apoio e pressão: Flamengo desembarca em Vitória e é recebido por torcedores
Já dentro do hotel, torcedores conseguiram tirar foto com o meia Everton Ribeiro. |  Foto: Reprodução/X - Flamengo
Imagem ilustrativa da imagem Apoio e pressão: Flamengo desembarca em Vitória e é recebido por torcedores
João Lucas Moura, de 9 anos, esperou desde as 18h para ver os jogadores do time do coração. |  Foto: Marcela Delatorre

MATÉRIAS RELACIONADAS:

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Leia os termos de uso

SUGERIMOS PARA VOCÊ: