search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Enfermeira é demitida da Santa Casa após vídeo sobre vacina contra covid

Notícias

Publicidade | Anuncie

Cidades

Enfermeira é demitida da Santa Casa após vídeo sobre vacina contra covid


A enfermeira Nathanna Faria Ceschim foi demitida do Hospital Santa Casa de Misericórdia de Vitória após polêmica envolvendo vídeo em que fala sobre a eficácia da CoronaVac, imunizante contra o novo coronavírus produzido pelo Instituto Butantan.

Em entrevista a TV Tribuna, a enfermeira confirmou na noite desta segunda-feira (25) que foi desligada do hospital.

"Cheguei para trabalhar no meu horário normal e fui comunicada sobre o meu desligamento", confirmou Nathanna.

A enfermeira Nathanna Faria Ceschim (Foto: Reprodução / Instagram)
A enfermeira Nathanna Faria Ceschim (Foto: Reprodução / Instagram)
Em nota, o hospital informa que já tomou todas as medidas cabíveis relacionadas ao assunto e reitera a postura com relação à importância da vacina como "única solução possível para conter o avanço dos novos casos de coronavírus".

"A Santa Casa de Vitória informa que está seguindo o calendário de vacinação da Prefeitura de Vitória, imunizando seus profissionais que atuam na linha de frente de acordo com as prioridades estabelecidas no Plano Nacional de Vacinação", completou.

A enfermeira foi vacinada por fazer parte do grupo prioritário de profissionais de saúde que atuam na linha de frente contra a Covid. Nos vídeos publicados na última sexta-feira (22), Nathanna chega a dizer que "tomou a vacina apenas porque quer viajar", mostra o comprovante de que foi imunizada pela vacina Coronavac na Santa Casa e ironiza o que chama de "vírus criado pela China, que também disponibilizou a vacina para combatê-lo". Em outro momento, ela liga o seu pensamento a sua "posição política".

Nathanna voltou às redes sociais nesta segunda-feira (25) para pedir desculpas e disse que está "com a consciência tranquila", "que não cometeu crime alguém, não desviou recursos contra a covid-19 ou desprezou ou desviou qualquer dose de vacina".

"Foi um vídeo caseiro, dentro da minha casa, sem roupa de trabalho, não envolvi o nome de ninguém ou de nenhuma instituição. Apenas exerci o meu direito de cidadã de expressar a minha opinião. A minha liberdade de expressão. Apenas isso", afirmou.

O Conselho Regional de Enfermagem do Espírito Santo (Coren-ES) informou no sábado (23) que abriu um procedimento para investigar se houve infração ao Código de Ética da Enfermagem no caso que envolve uma enfermeira do Hospital Santa Casa de Misericórdia, em Vitória. De acordo com o órgão, as penalidades nesse tipo de procedimento vão de advertência à cassação do registro profissional.


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados