X

Olá! Você atingiu o número máximo de leituras de nossas matérias especiais.

Para ganhar 90 dias de acesso gratuito para ler nosso conteúdo premium, basta preencher os campos abaixo.

Já possui conta?

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo

Economia

Serra será a primeira cidade do ES com um milhão de habitantes

Estudo com base no crescimento de 2010 a 2022 e na previsão de novas empresas e imóveis prevê a marca alcançada até 2050



Imagem ilustrativa da imagem Serra será a primeira cidade do ES com um milhão de habitantes
Serra está nos planos de empresas do mercado imobiliário, com uma série de projetos de loteamentos, além do interesse de várias construtoras |  Foto: Gabriel Lordello/ Mosaico Imagem — 05/05/2020

O Espírito Santo deve aumentar sua população nas próximas décadas e chegar à marca de 4,4 milhões de habitantes até 2030. E o município que deverá liderar esse crescimento, segundo especialistas, será a Serra.

Ela deve ser a primeira cidade do Estado a alcançar a marca de 1 milhão de habitantes, conforme estudos e análise de empresários do setor da construção civil.

O Espírito Santo tem pouco mais de 3,8 milhões de habitantes, e a perspectiva de crescimento é fruto de estudo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), que mostra aumento da população em 9% entre 2010 e 2022, sendo o 12º estado com maior crescimento do País e a maior taxa do Sudeste.

Com 520.653 habitantes, segundo o Instituto Jones dos Santos Neves, a Serra teve o maior ganho percentual populacional no Estado de 2010 a 2022. Para o secretário de Desenvolvimento Urbano da Serra, Claudio Denicoli, a tendência é de que ela alcance a marca de 1 milhão de habitantes até 2050:

“Já temos uma série de projetos de loteamento na cidade e intenção de construtoras de empreender aqui. Haverá uma nova expansão imobiliária no município.”

Diretor da Torres Engenharia, Marcelo Torres diz que a Serra representa o terceiro maior número de lançamentos do Estado. “Já planejamos os próximos 10 anos de avanço da empresa para atender à demanda que surgirá na região”.

Mas o crescimento não se limita à Serra: Vitória, Vila Velha, Cariacica, Linhares e Aracruz foram citados por especialistas entre os que têm maior potencial de crescimento populacional e imobiliário.

O Norte do Estado é destacado devido a, nos últimos anos, ter recebido uma série de indústrias e investimentos, como o aeroporto de Linhares e o Porto da Imetame, em Aracruz, que ampliam oferta de emprego e atrairão moradores.

Já Vila Velha é vista como o grande foco das construtoras. “O município tem se mantido como o maior canteiro de obras do Estado. Só no segundo semestre de 2023, a cidade teve 48,9% do total das novas unidades lançadas no Estado, e isso é uma tendência para este ano também”, diz a diretora da Kemp Engenharia, Rubia Zanelato.

Em Vitória, a tendência é de crescimento para a região Oeste da Capital, em regiões como Santo Antônio e São Pedro, por exemplo. A Prefeitura de Vitória, inclusive, destacou que desde 2021, foram aprovadas 96 novas edificações.

SAIBA MAIS 

Tendência de crescimento

  • O Espírito Santo teve crescimento de 9% na população de 2010 a 2022, subindo de 3,5 milhões de habitantes para 3,8 milhões, segundo o IBGE, sendo o 12ºestado com maior crescimento populacional do País.
  • A expectativa é que esse crescimento siga ocorrendo, e que até 2030 o Estado atinja a marca de 4,4 milhões de habitantes.

Fatores

Segundo especialistas, o desenvolvimento econômico é um dos principais fatores desse aumento populacional, aliado à alta qualidade de vida na região.

Outro fator destacado é o Estado ter maior expectativa de vida para pessoas acima dos 60 anos. Enquanto a média brasileira para pessoas dessa faixa etária é de viver mais 23 anos, no Estado os idosos na faixa dos 60 tendem a viver mais 24,8 anos.

RANKING DOS MUNICÍPIOS

1 - Serra

Primeira a atingir marca no Estado

  • Município com maior número de habitantes no Estado atualmente, a Serra é cotada para ser a primeira cidade do Espírito Santo a alcançar a marca de 1 milhão de habitantes. A expectativa é que isso ocorra até 2050.

Área consolidada

  • 35% da área do município consolidada (com água, esgoto e pavimentação) ainda está vazia e pode receber novos empreendimentos habitacionais.

Novo perfil

  • Uma das tendências na Serra para os próximos anos é o surgimento de empreendimentos com perfil premium, voltado para as faixas A e B da população, que também deve criar maior desenvolvimento econômico com o surgimento de demandas de emprego em restaurantes e lojas.

2 - Vila Velha

Líder em empreendimentos


Imagem ilustrativa da imagem Serra será a primeira cidade do ES com um milhão de habitantes
Praia da Costa, em Vila Velha |  Foto: Thiago Coutinho — 05/01/2018
  • Ainda na Grande Vitória, Vila Velha se destaca por seu potencial expansivo: construtoras e especialistas do setor imobiliário destacam que o município é o que mais tem áreas para novos empreendimentos.
  • Não à toa, é, segundo levantamento do Sinduscon, o município mais visado para esse tipo de investimento: dos 5.727 imóveis residenciais previstos para serem lançados em 2024, 2.250 serão em Vila Velha.
  • Ou seja, 39% do total de imóveis previstos para serem lançados no Estado estão no município canela-verde.

3 - Vitória

Rumo ao oeste

  • A capital enfrenta o desafio de ter um dos metros quadrados mais caros do País e pouco espaço para construção, mas especialistas têm destacado a tendência de expansão para o oeste da ilha.
  • Alguns dos bairros que têm potencial para expansão habitacional, segundo especialistas consultados, foram Santo Antônio, São Pedro, o Centro, Ilha de Santa Maria, Maruípe e Jucutuquara.


Imagem ilustrativa da imagem Serra será a primeira cidade do ES com um milhão de habitantes
Região de São Pedro |  Foto: Leone Iglesias/AT

Investimentos em andamento

  • Procurada, a prefeitura destacou que investimentos públicos em andamento na Orla de São Pedro, no Centro e no Canal da Passagem deverão despertar a atenção do mercado imobiliário para esses eixos de desenvolvimento. Informou também que 96 novas edificações na cidade foram aprovadas desde 2021 e que 231 projetos de reforma e regularização estão em discussão.

Alto padrão

  • Apesar da tendência de enfoque mais ao oeste, empreendimentos de alto padrão em regiões mais nobres, como Praia do Canto, Enseada do Suá e em regiões de classe média-alta como Bento Ferreira também devem seguir sendo visadas por empreendimentos residenciais, mais voltados para condomínios de alto padrão.

4 - Cariacica


Imagem ilustrativa da imagem Serra será a primeira cidade do ES com um milhão de habitantes
Vista da cidade de Cariacica |  Foto: Divulgação / Prefeitura de Cariacica
  • A secretaria de Desenvolvimento da Cidade destacou o potencial de crescimento de uma série de regiões que podem vir a receber empreendimentos habitacionais e comerciais em breve, além de loteamentos:

Cariacica-Sede

  • A região e seu entorno podem receber empreendimentos habitacionais. O bairro Cariacica-Sede tem sido procurado para implantação de empreendimentos habitacionais multifamiliares, loteamentos e supermercados de grande porte que não existem atualmente no bairro.

Campo Grande

  • Principal bairro do município por concentrar atividades de comércio e serviços que atendem bairros próximos e até municípios vizinhos, a região também tem atraído empreendimentos residenciais de alto padrão na área do loteamento Dona Augusta, região mais desocupada e residencial do bairro.

Alto Lage e Vila Capixaba

  • Também são bairros que têm atraído empreendimentos comerciais e habitacionais.

Tucum

É uma zona residencial que está crescendo no município com o loteamento Vista de Vitória.

OUTRAS CIDADES QUE VÃO GANHAR MAIS MORADORES

5 - Linhares

Indústria e desenvolvimento

  • Contou com um aumento de 18,17% em sua população de 2010 a 2022, segundo o IBGE, beneficiada pela pelo desempenho da indústria de extração de petróleo e gás natural, da metalurgia e da fabricação de produtos alimentícios, têxteis e de madeira, e tem investimentos na faixa dos bilhões previstos para ocorrerem até 2026.
  • A recente entrega do aeroporto de Linhares também atrai indústrias e deve influenciar no aumento populacional da região.


Imagem ilustrativa da imagem Serra será a primeira cidade do ES com um milhão de habitantes
Vista de Linhares |  Foto: Wilton Junior

6 - Aracruz

Estaleiro e porto

  • Aracruz teve um aumento populacional de 15,8% de 2010 a 2022, segundo o IBGE. Seu crescimento está sendo alavancado pela presença de empresas na região, como o Estaleiro Jurong.
  • A previsão é de que com a finalização das obras do porto da Imetame a inauguração da primeira a Zona de Processamento e Exportação (ZPE) privada no país, o município receba ainda mais pessoas e amplie sua população nos próximos anos.

7 - São Mateus

  • Outro município localizado na região mais ao norte do Estado, também é favorecido pela chegada de indústrias na região, que atraem novos moradores. A proximidade do Linhares e Aracruz também ajuda, que terão portos e aeroportos à disposição para transferência de carga, também ajuda a região a crescer em população.

8 - Colatina

  • Outro município localizado na região norte, também se favorece pelo desenvolvimento da região, com a presença de investimentos de empresas que, até o início do século, ainda não haviam se instalado.
  • No ano passado, o município chegou a vencer um prêmio da federação das Indústrias do Estado (Findes) pelo destaque como polo de desenvolvimento econômico.

9 - Guarapari


Imagem ilustrativa da imagem Serra será a primeira cidade do ES com um milhão de habitantes
Guarapari: novos projetos |  Foto: Divulgação
  • Famosa pelas praias, Guarapari deve seguir recebendo novos empreendimentos imobiliários e comerciais nos próximos anos. Projetos na região de Amarelos, Buenos Aires Enseada Azul e Meaípe devem trazer novos moradores à região. Meaípe, inclusive, teve no ano passado a finalização das obras de sua orla, ampliando a faixa da praia.
  • A região da Praia do Morro, mesmo com menos espaços disponíveis, é outra que também deve receber novos empreendimentos.

Fonte: Especialistas citados na reportagem, IBGE.

MATÉRIAS RELACIONADAS:

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Leia os termos de uso

SUGERIMOS PARA VOCÊ: