X

Olá! Você atingiu o número máximo de leituras de nossas matérias especiais.

Para ganhar 90 dias de acesso gratuito para ler nosso conteúdo premium, basta preencher os campos abaixo.

Já possui conta?

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo

Economia

Abono e reajuste no salário de professores

Prefeitura dará bônus que pode levar salário a até 22 mil, e Estado vai dar o aumento de 4% no contracheque do mês que vem


Imagem ilustrativa da imagem Abono e reajuste no salário de professores
Professor em sala de aula: reajuste estadual retroativo a 1º de janeiro |  Foto: Divulgação/SEDU

Com o reajuste aprovado nessa segunda-feira (16) pela Assembleia Legislativa e o bônus por desempenho anunciado no último domingo (15) pela Prefeitura de Vitória, 31.557 professores do Espírito Santo receberão um dinheiro a mais neste final de ano.

O reajuste de 4%, a ser pago pelo governo do Estado com recursos do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb), irá contemplar 26.062 professores da rede estadual de ensino.

A medida é retroativa a 1º de janeiro, o que significa dizer que os salários recebidos durante o ano sofrerão alteração, com o valor a mais sendo pago no contracheque de novembro.

Ao todo, são R$ 59.700 destinados ao pagamento do reajuste em 2023, válido para professores efetivos, temporários (DTs), aposentados e pensionistas.

Segundo a diretora do Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública (Sindiupes) Noêmia Simonassi, cerca de 3 mil professores do Estado ainda receberão um bônus por desempenho, de até um salário e meio, como compensação a descontos por atestado de covid-19.

O sindicato ainda negocia com prefeituras do Estado um reajuste aos profissionais que trabalham nas escolas municipais, de acordo com o professor e diretor do Sindiupes Gean Carlos Nunes.

A Prefeitura de Vitória anunciou um bônus de desempenho para 5.495 servidores da educação, a ser pago neste mês. Cada professor poderá receber até um salário e meio a mais, dependendo do desempenho da unidade e individual. Com o bônus, o maior salário individual pode atingir R$ 22 mil.

Nunes cita um aumento de 4% anunciado pela Prefeitura de Cariacica aos profissionais de educação na última semana e que estão em conversas para algo semelhante na Serra.

“A prefeitura chegou a dar um reajuste de 9,3% para os professores, mas houve um reajuste de 12% no piso do magistério. O prefeito disse que volta a dialogar em outubro e estamos aguardando ele agendar”, diz.

A expectativa do sindicato é que os profissionais tenham mais um reajuste de 3,5%, em média.

As prefeituras de Vitória, Vila Velha, Serra, Cariacica e Viana foram procuradas para saber sobre abonos às demais categorias de servidores, porém informaram não haver definição.

Saiba mais

Total de 31.557 beneficiados

Reajuste do Estado

- Um projeto de lei que concede 4% de reajuste a professores da rede estadual foi aprovado na segunda-feira pela Assembleia Legislativa. O texto deve ser sancionado ainda nesta terça-feira (17).

- A medida é retroativa a 1º de janeiro. Ou seja, todos os salários do ano serão reajustados.

- Os novos valores começam a ser pagos no contracheque de novembro, que também constará o retroativo total do ano.

- Um bônus por desempenho para 3 mil professores do Estado também foi aprovado. A medida é uma compensação por descontos por atestado de covid-19. O valor é de um salário e meio.

Prefeituras

- A prefeitura de vitória também anunciou bônus por desempenho de até um salário e meio, a ser pago ainda em outubro. Ao todo, 5.495 servidores serão beneficiados.

- Com isso, a remuneração máxima do professor pode chegar a R$ 22 mil neste mês.

- Segundo o Sindiupes, o município da Serra também estuda mais um reajuste à categoria.

Fonte: Sindiupes e governo do Estado.

MATÉRIAS RELACIONADAS:

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Leia os termos de uso

SUGERIMOS PARA VOCÊ: