X

Olá, faça o seu cadastro para ter acesso a este conteúdo

*Você não será cobrado

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Vitória e Serra passam de 5 mil casos de coronavírus

| 16/06/2020 18:55 h | Atualizado em 16/06/2020, 19:36

Orla de Camburi cheia na manhã deste domingo (14)
Orla de Camburi cheia na manhã deste domingo (14) |  Foto: Beto Morais/AT

As cidades de Serra e Vitória foram as primeiras no Estado a superar a marca de 5 mil casos confirmados do novo coronavírus. Os dados são do Painel Covid-19, da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa). A Serra tem, no total, 5.096, enquanto que na capital são 5.094 diagnósticos da doença. 

Apesar de serem as cidades com mais casos no Espírito Santo, o secretário estadual da Saúde, Nésio Fernandes, informou em coletiva, nesta terça (16), que Vitória e Serra apresentam estabilidade no número de casos.

Os dados do painel mostram a evolução do coronavírus nessas duas cidades. A Serra começou o mês de junho com 4.219 casos confirmados desde a primeira notificação em 20 de março. 

O bairro Feu Rosa é o local com mais casos no município com 241 moradores infectados. O segundo lugar está com Colina de Laranjeiras, onde 217 pessoas tiveram contato com o vírus, enquanto que em Morada de Laranjeiras são 198 casos. 

Na capital, o primeiro caso data do dia 5 de fevereiro e o mês de junho começou com 4.049 casos confirmados entre moradores da cidade. 

Jardim Camburi é o bairro com o maior número de pacientes com a covid-19, em Vitória, e também no Espírito Santo. Por lá, são 631 moradores infectados. 

O segundo colocado é Jardim da Penha e tem quase a metade desse número, com 339 testes positivos para a doença. Em terceiro, com 316 registros, está a Praia do Canto. 

Idade

Os dados do Painel Covid-19 mostram que tanto na Serra, quanto em Vitória, a maior parcela dos infectados pelo coronavírus está na faixa dos 30 aos 39 anos. 

Na Serra, 1.453 dos pacientes com a doença estão nessa faixa etária. Já em Vitória, 1.319 pessoas com o coronavírus têm entre 30 e 39 anos. 

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

MATÉRIAS RELACIONADAS