X

Olá! Você atingiu o número máximo de leituras de nossas matérias especiais.

Para ganhar 90 dias de acesso gratuito para ler nosso conteúdo premium, basta preencher os campos abaixo.

Já possui conta?

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Assine A Tribuna
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo

Ciência e Tecnologia

Fim de uma era: Google desativará rolagem infinita no desktop e nos celulares

Segundo portal, a informação é importante para quem possui sites próprios


Entre 2021 e 2022, o Google lançou o recurso de rolagem infinita nos resultados de sua busca, o que significava que a página de pesquisa não teria mais fim, eliminando-se os botões para as páginas seguintes. Assim, bastava deslizar ou descer a página para ver mais resultados. Agora, porém, o mecanismo de busca começou a encerrar esse recurso, retomando os botões ao fim de cada página.

A notícia é do site Search Engine Land, que diz ter como fonte um porta-voz do Google. Embora a função ainda esteja disponível no Brasil, a informação é de que a rolagem infinita começou a ser aposentada nesta terça-feira, 25, na versão web. Dessa forma, o retorno das páginas numeradas já pode ser notada no desktop. Já nos celulares e tablets, a função será desativada nos próximos meses.

A partir de então, retornará o botão de "Mais resultados" aos dispositivos móveis e "Próximo" aos computadores, ao final de cada página de pesquisa.

De acordo com o porta-voz, a mudança dará mais rapidez ao mecanismo de busca, em vez de simplesmente mostrar resultados em que, muitas vezes, o usuário não está interessado. "O Google também nos contou que descobriu que carregar mais resultados automaticamente não levava a uma satisfação significativamente maior", declara o Search Engine Land.

Ainda segundo o portal, a informação é importante para quem possui sites próprios. Isso porque, se o seu website for jogado para a página dois, ele possivelmente receberá menos cliques - e, portanto, menos tráfego - do que com a opção de rolagem contínua, já que nem todo mundo visitará a página dois do Google.

Afinal, na época em que o recurso foi lançado para dispositivos móveis, o mecanismo de busca afirmou que "a maioria das pessoas que desejam informações adicionais tende a navegar em até quatro páginas de resultados de pesquisa". Depois disso, muitos dos sites resultantes de pesquisas ficam para trás.

MATÉRIAS RELACIONADAS:

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Leia os termos de uso

SUGERIMOS PARA VOCÊ: