X

Olá! Você atingiu o número máximo de leituras de nossas matérias especiais.

Para ganhar 90 dias de acesso gratuito para ler nosso conteúdo premium, basta preencher os campos abaixo.

Já possui conta?

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo

Cidades

Mais de 700 motoristas vão ter carteira suspensa por recusar bafômetro

Número é fruto das Operações do Batalhão de Trânsito durante o Carnaval. Motoristas serão impedidos de dirigir por 12 meses


Imagem ilustrativa da imagem Mais de 700 motoristas vão ter carteira suspensa por recusar bafômetro
Fiscalização nas estradas: número de condutores que se recusou a fazer bafômetro aumentou 205% |  Foto: Roberta Bourguignon - 26/12/2022

Conhecida por elevar os riscos no trânsito, a mistura de álcool e direção esteve no foco de operações da Polícia Militar durante o Carnaval.

Somente entre o dia 9 e a última quarta-feira, 724 motoristas se recusaram a fazer o teste do bafômetro e foram multados no Estado. Eles terão o direito de dirigir suspensos por 12 meses, conforme prevê a legislação de trânsito.

Os dados foram divulgados ontem pelo Batalhão de Polícia de Trânsito (BPTran), que atua em municípios da Grande Vitória.

Uma novidade este ano foi a ação conjunta entre o Batalhão, o Departamento Estadual de Trânsito (Detran-ES) e policiais do 13º Batalhão nos arredores de balneários e bares do município de São Mateus.

Somente no município do Norte do Estado, foram registradas 578 recusas. Durante as ações, foram abordados 3.128 condutores, um aumento de quase 8% em relação a 2023.

Em relação aos testes de bafômetro, as equipes, incluindo as operações conjuntas, realizaram 1.578 verificações.

Um dos pontos destacados pelo BPTran foi o aumento das recusas: 724 este ano, contra 237 no ano passado. Um aumento de mais de 205%.

O chefe do setor de comunicação do BPTran, capitão Anthony Moraes Costa, destacou que após recusarem ser submetidos ao teste de alcoolemia, os condutores flagrados são autuados pela infração prevista no artigo 165-A do Código de Trânsito, que prevê penalidade de multa (dez vezes) – 2.934,70 – e suspensão do direito de dirigir por 12 meses.

“O BPTran entende que cada condutor que dirige sob efeito de álcool ao ser retirado das ruas é um potencial causador de sinistro fatal a menos. Por considerarmos que cerca de 70% dos sinistros com resultado de morte envolvem pessoas alcoolizadas, as ações do BPTran são dedicadas à preservação da vida. Por isso, temos utilizado cada vez mais etilômetros em nossas fiscalizações”.

Ele enfatizou que, como consequência do maior uso dos bafômetros, a cada ano cresce o número de condutores flagrados, mesmo com as campanhas.

Apesar das fiscalizações, ainda há um elevado número de mortes nas estradas brasileiras.

Balanço do Carnaval

Polícia Militar

Recusa ao teste do Bafômetro

OBS.: Os dados são do Batalhão de Polícia de Trânsito, que atua na Grande Vitória, e em operação conjunta com Detran e Polícia Militar da região de São Mateus.

O que diz a lei

Recusar-se a ser submetido a teste, exame clínico, perícia ou outro procedimento que permita certificar influência de álcool ou outra substância psicoativa, é infração gravíssima.

Penalidade - multa 10 vezes (2.934,70) e suspensão do direito de dirigir por 12 meses; aplica-se em dobro a multa em caso de reincidência no período de até 12 meses.

Outras infrações

Abordagens: 3.128 condutores

Aautos de infração: 1.524

Testes de bafômetro: 1.578

Condutores sem habilitação: 60

Condutores falando ao celular: 61

Sem cinto de segurança: 97.

Polícia Rodoviária Federal (PRF)

Fiscalização no Carnaval em rodovias federais no Estado

Pessoas fiscalizadas 4.911

Veículos fiscalizados 4.402

Animais retirados da pista 4

Testes de alcoolemia 1.390

Veículos retidos ou recolhidos ao depósito 259

Infrações

Excesso de velocidade: 7.043

Ultrapassagem proibida: 527

Veículo em mau estado de conservação ou defeito equipamentos/sistema iluminação: 220

Deixar de usar o cinto segurança: 170

Conduzir o veículo registrado que não esteja devidamente licenciado: 109

Dirigir veículo sem possuir CNH/PPD/ACC: 67

Dirigir veículo com validade de CNH/PPD vencida há mais de 30 dias: 32

Condutor sob efeito de álcool: 25

Fonte: Polícia Militar e PRF.

MATÉRIAS RELACIONADAS:

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Leia os termos de uso

SUGERIMOS PARA VOCÊ: