X

Olá, faça o seu cadastro para ter acesso a este conteúdo

*Você não será cobrado

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Bombeiro relata drama do socorro: "Criança tentou me abraçar"

| 20/10/2020 17:54 h

O socorro às vítimas do incêndio em um apartamento na Praia do Canto, em Vitória, na noite de segunda-feira (19) mobilizou até os vizinhos, que tentaram ajudar a família “presa” no imóvel. Porém, foi um bombeiro que conseguiu entrar no apartamento e carregar nos braços o menino, 4 anos, que acabou não resistindo.

“Vi que tinha como entrar no quarto e consegui chegar próximo da criança. O menino tentou me abraçar e eu agarrei ele. Fui descendo e fazendo as manobras de reanimação até entregar para o Samu”, contou o cabo Rômulo na noite de segunda.

Cabo Rômulo tirou criança de apartamento
Cabo Rômulo tirou criança de apartamento |  Foto: Reprodução/ TV Tribuna

Na manhã desta terça, o cabo Rômulo relembrou a atuação durante o incêndio. “É uma criancinha, um ser frágil, e você a vê ali, rodeada de escombros. Objetos queimados ao redor e ela caída ali”, afirmou.
O cabo contou que o Samu ficou durante duas horas tentando reanimar a vítima, que não resistiu. Também estavam no apartamento o irmão, a mãe e a avó da criança. Todos foram socorridos.

O laudo, que vai apontar o que provocou as chamas no imóvel do terceiro andar, tem prazo inicial de 20 dias para ficar pronto.

Veja mais:

Bombeiros lamentam morte de menino em incêndio: "Sentimento de impotência"

Campanha arrecada doações para família vítima de tragédia na Praia do Canto

Bombeiros acreditam que fogo está relacionado à parte elétrica do apartamento
 

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

MATÉRIAS RELACIONADAS