X

Olá! Você atingiu o número máximo de leituras de nossas matérias especiais.

Para ganhar 90 dias de acesso gratuito para ler nosso conteúdo premium, basta preencher os campos abaixo.

Já possui conta?

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo

Brasil

Onças-pintadas são flagradas num cabo de guerra com sucuri no Pantanal

As onças, uma mãe e um filhote, foram fotografadas puxando a cobra com a boca, antes de compartilhar a refeição


Imagem ilustrativa da imagem Onças-pintadas são flagradas num cabo de guerra com sucuri no Pantanal
Onças fazem "cabo de guerra" com uma sucuri |  Foto: Michel Zoghzhog

Um fotógrafo conseguiu registrar em imagens o raro momento em que duas onças realizam um "cabo de guerra" com uma sucuri-amarela, no Pantanal, em Mato Grosso

O raro registro foi feito pelo fotógrafo Michel Zoghzoghi, durante sua passagem pela região Centro-Oeste do país. As imagens foram publicadas no perfil Biodiversidade Brasileira, no Twitter, chamando a atenção dos internautas.

Leia mais notícias Nacionais aqui

As onças, uma mãe e um filhote, estavam brincando com a cobra, puxando-a com a boca, antes de compartilhar a refeição. O ato de brincar com a presa antes de devorá-la é um comportamento comum entre os felinos. O objetivo é cansar o animal caçado por elas e reduzir o risco de se machucarem com dentes, bico ou garras.

Elas também se divertem com o movimento da presa, mesmo que não estejam com fome. Esse comportamento vem dos seus ancestrais selvagens e pode ser visto em gatos domésticos, como explica um estudo publicado pela revista Live Science.

A SUCURI-AMARELA

A sucuri-amarela pertence à família Boidae, originária da América do Sul. Ela não tem veneno e mata suas presas por constrição, ou seja, apertando-as até sufocá-las.

Algumas de suas presas são capivaras, jacarés e até mesmo as onças-pintadas. Ela é menor que a sucuri-verde, mas pode atingir até 4,6 metros de comprimento.

Leia mais 

Hackers roubavam dados do INSS com "chupa-cabra" para reativar benefícios

VÍDEO | 'Patati e Patatá' trocam socos na rua durante apresentação

Acusada por morte do filho, Monique Medeiros volta à prisão

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Leia os termos de uso

SUGERIMOS PARA VOCÊ: