search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Aulas presenciais estão proibidas em 5 cidades capixabas

Notícias

Publicidade | Anuncie

Coronavírus

Aulas presenciais estão proibidas em 5 cidades capixabas


Alunos: Aulas presenciais suspensas nas cidades de risco moderado  (Foto: Beto Morais/AT)
Alunos: Aulas presenciais suspensas nas cidades de risco moderado (Foto: Beto Morais/AT)

As aulas presenciais estão proibidas em escolas de cinco cidades do Espírito Santo a partir da próxima segunda-feira (23). A suspensão das atividades acontece por essas cidades deixaram o risco baixo de transmissão do coronavírus e migraram para o grupo de risco moderado. 

Ao apresentar o novo mapa de risco para o Estado, no final da tarde desta sexta-feira (20), durante pronunciamento pelas redes sociais, o governador Renato Casagrande informou que as cidades de Vitória, Cariacica, Viana, Ecoporanga e Barra de São Francisco estão no risco moderado a partir de segunda, quando o mapa passa a valer.

"Neste ano, município onde tem risco moderado, as escolas têm atividades remotas. Só tem atividades presenciais nas escolas de municípios com risco baixo", explicou o governador. 

De acordo com ele, essa regra já foi estabelecida anteriormente para a liberação das aulas presenciais e foi feita para conclusão deste ano escola, podendo ser revista em 2021.

O Conselho Estadual de Saúde também recomendou ao Governo do Estado a suspensão das aulas presenciais em função do aumento de casos de coronavírus.

Em publicação no Diário Oficial desta sexta-feira (20), o conselho recomenda que “o retorno das aulas presenciais só ocorra quando a pandemia estiver epidemiologicamente controlada e após a verificação da garantia do cumprimento do Plano de Retorno através da participação dos entes das três esferas da gestão pública (saúde, educação e assistência social) e da sociedade, de forma intersetorial, incluindo representações”.


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados