search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Conselho Estadual de Saúde recomenda a suspensão das aulas presenciais

Notícias

Publicidade | Anuncie

Educação

Conselho Estadual de Saúde recomenda a suspensão das aulas presenciais


O Conselho Estadual de Saúde recomendou ao Governo do Estado a suspensão das aulas presenciais em função do aumento de casos de coronavírus.

Em publicação no Diário Oficial desta sexta-feira (20), o conselho recomenda que “o retorno das aulas presenciais só ocorra quando a pandemia estiver epidemiologicamente controlada e após a verificação da garantia do cumprimento do Plano de Retorno através da participação dos entes das três esferas da gestão pública (saúde, educação e assistência social) e da sociedade, de forma intersetorial, incluindo representações”.

O Plano de Retorno deve conter uma avaliação das condições das escolas da rede pública de ensino, uma fiscalização das unidades e investimentos financeiros para melhoria e adequação da infraestrutura das instituições.

O plano também deve ter medidas para “enfrentamento dos desafios das aprendizagens no retorno às aulas e o investimento na formação dos professores e na capacitação da equipe escolar para lidar com o novo ambiente necessário”.

O conselho destaca ainda que o plano contemple “apoio financeiro, logístico e psicológico para estudantes e suas famílias”.

Sala de aula vazia (Foto: Arquivo/AT)
Sala de aula vazia (Foto: Arquivo/AT)

Por meio de nota, a Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) afirmou que “todas as decisões são baseadas na classificação da Matriz de Risco, em que já está prevista a suspensão de atividades conforme a classificação.

A Sesa esclarece que está acompanhando o comportamento da doença no Estado e decisões serão tomadas de acordo com a curva.

Vale destacar que os protocolos adotados pelo Governo estabelecidos para o retorno das aulas presenciais, visam a garantia da segurança para os alunos e demais profissionais que frequentam o ambiente escolar”.

Segundo dados divulgados pela Sesa na quinta (19), o Espírito Santo tem 175.300 casos confirmados da doença. Mais de quatro mil pessoas morreram e mais de 163 mil estão curadas.
 

Entrar no grupo do WhatsApp

Quer receber as últimas notícias do Tribuna Online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp.


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados