X

Olá! Você atingiu o número máximo de leituras de nossas matérias especiais.

Para ganhar 90 dias de acesso gratuito para ler nosso conteúdo premium, basta preencher os campos abaixo.

Já possui conta?

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Pernambuco
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo
Espírito Santo
arrow-icon
  • gps-icon Pernambuco
  • gps-icon Espírito Santo

Aula de arte e tecnologia em escolas de tempo integral

Unidades de ensino da rede municipal de Vitória vão contar com educação científica e tecnológica, além de disciplinas eletivas



Imagem ilustrativa da imagem Aula de arte e tecnologia em escolas de tempo integral
A professora Mônica Diniz com as alunas Larissa Rossi, Helena Gonçalves e Milena da Silva: Projeto de Vida |  Foto: Kadidja Fernandes/ AT

Mais tempo estudando, mais diversão e muito aprendizado! Para o ano letivo de 2024, 30 unidades de ensino da rede municipal de Vitória estarão atuando em tempo integral e oferecendo um currículo recheado de arte e tecnologia.

Juliana Rohsner, secretária municipal de Educação, explicou que os pequenos podem esperar uma educação que vai além das disciplinas básicas. Com o tempo integral, novos projetos que visam colocá-los como protagonistas entrarão em ação.

“Todas as nossas unidades vão trabalhar com a educação científica e tecnológica. Também teremos as eletivas. Ano passado, em algumas unidades, por exemplo, tivemos eletivas de chef cozinheiro, artesanato e também uma oficina de bolo no pote. São projetos que surgem na comunidade e mudam a cada seis meses”.

Ela disse que o atendimento ao aluno se torna mais próximo, englobando questões de aprendizado e emocionais. “Cada profissional fica em média com 14 estudantes e acompanha a rotina deles”.

Uma disciplina que envolve todo o cuidado com a criança e o pré-adolescente e que está no currículo deste ano é a Projeto de Vida. Ela promove e provoca a reflexão sobre as escolhas, e o professor conversa com a classe sobre autonomia e inteligência socioemocional.

Na Escola Municipal de Ensino Fundamental em Tempo Integral Eunice Pereira Silveira, a professora Mônica Diniz ensina a disciplina. Recentemente, Larissa Freitas Rossi, 12 anos, Helena Gonçalves, 11, e Milena da Silva, 11, fizeram uma atividade em que construíram um “caminho dos sonhos”.

“Conversamos com eles sobre o que querem estudar no futuro, por exemplo. Vimos crianças que não têm esse tipo de conversa em casa”, explicou Juliana.

Para a neuropsicopedagoga clínica Geovana Mascarenhas, essa ação pode trazer inúmeros benefícios aos alunos, pois eles devem desenvolver habilidades e competências necessárias para criar e alcançar seus objetivos pessoais e profissionais.

“Essas atividades incentivam a reflexão e o autoconhecimento, o desenvolvimento de habilidades de planejamento e organização, a exploração de opções de carreira e a definição de metas realistas”.

Alunos circulam entre as salas

Tempo integral

Neste ano, 30 unidades de ensino da rede municipal de Vitória estarão funcionando em tempo integral, do ensino infantil ao ensino fundamental. Nessa modalidade de ensino, o aluno permanece na escola por nove horas, das 7h às 16h.

Ambiente

De acordo com Juliana Rohsner, secretária de Educação da capital, todas as unidades passaram por reforma para que sejam um ambiente acolhedor e que potencialize a criatividade.

Ela afirmou que não é o professor que circula entre as salas e sim os alunos. Portanto, é interessante esses espaços chamarem a atenção e acolherem o pequeno. Na educação infantil há ambientes temáticos que são espaços de aprendizagem.

Conteúdo

No tempo integral, para o ensino fundamental, o currículo integrado articula tanto componentes da Base Nacional Comum Curricular (BNCC), com as disciplinas de Língua Portuguesa e Matemática, por exemplo, quanto disciplinas e ações diversificadas como tutoria, orientação de estudos, disciplinas eletivas e a aula de Projeto de Vida, que têm o objetivo de colocar o aluno como protagonista de sua própria vida.

Eletivas

são propostas por semestre e visam trabalhar com temas de interesse das turmas, priorizando determinados conteúdos conforme o que foi identificado em avaliações diagnósticas realizadas pela equipe pedagógica da escola.

Projeto de vida

Ação realizada do 1º ao 9º ano, em que o estudante reflete sobre seus sonhos e planos, partindo de quem ele é e aonde deseja chegar.

Fonte: Juliana Rohsner, secretária de Educação de Vitória.

MATÉRIAS RELACIONADAS:

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Leia os termos de uso

SUGERIMOS PARA VOCÊ: