search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

36 presos não retornaram para a prisão após "saidinha do Dia das Mães"

Notícias

Publicidade | Anuncie

Polícia

36 presos não retornaram para a prisão após "saidinha do Dia das Mães"


Pelo menos 36 presos, que receberam o benefício da "saidinha do Dia das Mães", não retornaram para os presídios do Espírito Santo. A informação foi confirmada pela Secretaria de Estado da Justiça, responsável por administrar os presídios.

Segundo a Sejus, 1.528 internos do regime semiaberto receberam o benefício este ano e puderam deixar os presídios entre os dias 5 e 12 de maio.

Como não cumpriram as regras da "saidinha", estes 36 presos passam a considerados foragidos da Justiça e passarão por regressão de pena.

O benefício da "saidinha do Dia das Mães" está previsto na Lei de Execução Penal e é concedido pelo Poder Judiciário. São seis saídas autorizadas no ano, sendo Dia das Mães, Páscoa, Dia dos Pais, Dia das Crianças, Natal e Ano Novo.

Já os presos que retornaram às unidades prisionais, passarão por uma triagem em área de isolamento e ficarão em quarentena por conta da covid-19.

Em outubro do ano passado, 1.341 presos foram beneficiados com a saída temporária do Dia das Crianças, mas 34 detentos não retornaram aos presídios. Já no Dia dos Pais de 2020, 1.114 presos foram liberados e 29 não retornaram aos presídios.

Entrar no grupo do WhatsApp

Quer receber as últimas notícias do Tribuna Online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp.